22°
Máx
16°
Min

Chuva volta a atrapalhar programação e suspende estreia de Soares e Melo

(Foto: Divulgação)  - Chuva volta a atrapalhar programação e suspende estreia de Soares e Melo
(Foto: Divulgação)

A chuva voltou a atrapalhar a programação do Rio Open nesta quarta-feira, assim como aconteceu na segunda e na terça. Desta vez, os jogos foram interrompidos antes mesmo das 22 horas, em razão da previsão de mau tempo constante, que adiou um jogo do espanhol David Ferrer, atual campeão, e suspendeu a estreia de Bruno Soares e Marcelo Melo.

O jogo de Ferrer foi interrompido antes mesmo de começar. Ele e o compatriota Albert Ramos-Viñolas estava aquecendo quando caiu a forte chuva. Já o duelo de Soares e Melo contra os compatriotas Fabiano De Paula e Orlando Luz foi paralisado quando a dupla mineira vencia por 2/0.

Mais cedo, antes do mau tempo, André Sá foi eliminado, jogando ao lado do argentino Máximo Gonzalez. Eles foram derrotados pelo argentino Federico Delbonis e pelo italiano Paolo Lorenzi por duplo 6/4.

Pela chave de simples, o austríaco Dominic Thiem avançou às quartas de final, enquanto o italiano Fabio Fognini abandonou em razão de dores no abdome. Thiem, campeão do Torneio de Buenos Aires na semana passada, bateu o argentino Diego Schwartzman por duplo 7/5. Já Fognini, atual vice-campeão do Rio Open, venceu o set inicial contra o espanhol Daniel Gimeno-Traver por 6/4, mas perdia o segundo por 3/1.

Thiem será o próximo adversário do vencedor do confronto entre Ferrer e Ramos-Viñolas. Gimeno-Traver encara quem vencer entre o argentino Guido Pella e o colombiano Santiago Giraldo.

FEMININO - Antes de a chuva impedir a realização da rodada noturna, a italiana Francesca Schiavone derrotou a colombiana Mariana Duque-Marino por 6/4, 4/6 e 7/5 e avançou às quartas de final. Ela vai enfrentar agora a holandesa Cindy Burger, que eliminou a búlgara Elitsa Kostova por 6/3 e 6/0.

Em outro jogo, a romena Sorana Cirstea despachou a eslovena Polona Hercog, quinta cabeça de chave, por 7/5 e 7/6 (7/3). A norte-americana Shelby Rogers, por sua vez, venceu a paraguaia Veronica Cepede Royg por 7/5 e 6/4.

Nas duplas, as brasileiras Teliana Pereira e Beatriz Haddad Maia foram superadas pela australiana Anastasia Rodionova e por Stephanie Vogt, de Liechtenstein, pelo placar de 7/6 (7/5), 4/6 e 10/8.

Já o duelo entre Cepede Royg/Maria Irigoyen (Argentina) e a dupla formada pela brasileira Paula Gonçalves e pela norte-americana Sanaz Marand foi interrompida pela chuva. Paula e Sanaz perdiam por 3/2 no set inicial.