23°
Máx
12°
Min

Com facilidade, Andy Murray vence mais uma e passa à terceira rodada em Wimbledon

Para felicidade da torcida local, a chuva parou em Londres e o britânico Andy Murray venceu mais uma. Nesta quinta-feira, em um dia com inúmeros jogos para recuperar a programação atrasada, o tenista escocês não teve trabalho para avançar à terceira rodada de Wimbledon, o terceiro Grand Slam da temporada. O atual número 2 do mundo passou por Lu Yen-Hsun, de Taiwan, por 3 sets a 0 - com parciais de 6/3, 6/2 e 6/1, em 1 hora e 40 minutos.

Campeão na grama londrina em 2013, Andy Murray comemorou o fato de ter feito um jogo com pouco duração nesta quinta-feira. "O primeiro set foi duro, mas no segundo e no terceiro fui me sentindo melhor, com mais confiança, e as coisas saíram bem. Se posso vencer partidas fáceis, melhor. Evito gastar energia, que é algo importante mais para frente", disse o escocês em entrevista ainda na quadra.

Na terceira rodada, Andy Murray terá pela frente o australiano John Millman, que nesta quinta-feira surpreendeu o francês Benoit Paire, cabeça de chave número 26, por 3 sets a 1 - parciais de 7/6 (7/5), 6/3, 4/6 e 6/2, em pouco mais de duas horas e meia.

Outros pré-classificados em Wimbledon também passaram à terceira rodada. O japonês Kei Nishikori, cabeça de chave 5, ganhou do francês Julien Benneteau por 3 sets a 1 (4/6, 6/4, 6/4 e 6/2) e jogará contra o russo Andrey Kuznetsov, que bateu Gilles Muller, de Luxemburgo, por 3 a 0 (6/3, 6/4 e 6/4). Também em sets diretos, o canadense Milos Raonic (cabeça 6) venceu o italiano Andreas Seppi com as parciais de 7/6 (7/5), 6/4 e 6/2. Seu próximo rival será o norte-americano Jack Sock (27 pré-classificado), vencedor do duelo contra o holandês Robin Haase por 6/1, 6/3, 6/7 (3/7) e 6/4.

Cabeça de chave número 9, o croata Marin Cilic teve um pouco de dificuldade, mas avançou ao bater o ucraniano Sergiy Stakhovsky por 3 sets a 1 - com parciais de 6/2, 6/7 (6/8), 6/4 e 6/4. Na terceira rodada, encara o eslovaco Lukas Lacko, que impediu um duelo entre tenista da Croácia ao ganhar de Ivo Karlovic (cabeça 23) também por 3 a 1 - parciais de 6/3, 3/6, 7/6 (7/5) e 6/4. Em sets diretos, o belga David Goffin (11.º pré-classificado) eliminou o francês Edouard Roger-Vasselin (6/4, 6/0 e 6/3) e agora jogará contra o usbeque Denis Istomin, que bateu o espanhol Nicolas Almagro - algoz do brasileiro Rogério Dutra Silva na estreia - por 6/4, 7/6 (7/5) e 6/2.

Mas o dia também teve eliminação de quem poderia chegar mais longe em Wimbledon. Cabeça 13, o espanhol David Ferrer caiu para o francês Nicolas Mahut por 3 sets a 0 - com parciais de 6/1, 6/4 e 6/3. Na terceira rodada, o tenista da França encara o compatriota Pierre-Hugues Herbert, que bateu o bósnio Damir Dzumhur por 3/6, 7/6 (7/1), 7/6 (7/0) e 6/2.

Em um duelo mais equilibrado, o francês Gilles Simon, cabeça de chave número 16, perdeu para o búlgaro Grigor Dimitrov por 3 sets a 1 - parciais de 6/3, 7/6 (7/1), 3/6 e 6/4. O próximo rival do tenista da Bulgária é o norte-americano Steve Johnson, que derrotou outro francês, Jeremy Chardy por 3 a 0 - com parciais de 6/1, 7/6 (8/6) e 6/3.