22°
Máx
14°
Min

Com lesão no ombro, Serena desiste de jogar o Masters da WTA

A norte-americana Serena Williams não vai participar do Masters da WTA pela segunda temporada consecutiva. Nesta segunda-feira, a número 2 do mundo anunciou sua decisão de não disputar o evento que reúne as melhores tenistas do ano por causa de uma lesão no ombro direito.

O anúncio da desistência de Serena se dá apenas uma semana antes do início da competição, marcada para começar no próximo domingo em Cingapura, e foi divulgado pela WTA através de um vídeo com uma declaração da tenista dona de 22 títulos dos torneios do Grand Slam.

Serena se declarou "muito, muito chateada" por não participar do Masters da WTA, mas explicou que tomou a decisão seguindo o conselho do seu médico. "Insiste que eu fique em casa e cure (a lesão no ombro direito)", afirmou a norte-americana.

Aos 35 anos, a norte-americana reconheceu que enfrentou problemas em excesso nesta temporada. "Tem sido um ano muito difícil para mim", acrescentou. Ela disputou apenas oito torneios em 2016, vencendo dois deles, incluindo Wimbledon, em julho, além de ter sido finalista do Aberto da Austrália e de Roland Garros.

Serena não joga desde que perdeu para a checa Karolina Pliskova nas semifinais do US Open no início de setembro, um resultado que a levou a perder a condição de número 1 do mundo após três anos e meio no topo da lista da WTA, sendo ultrapassada pela alemã Angelique Kerber.

"Nós estamos tão decepcionados quanto os fãs por não ver Serena terminar a temporada em Cingapura", disse o CEO da WTA, Steve Simon. "Desejamos-lhe uma rápida recuperação e estamos ansiosos para vê-la voltar a competir, em forma e saudável", acrescentou o dirigente.

Sem Serena, sete das oito participantes da chave feminina do Masters da WTA já estão definidas. São elas: Angelique Kerber, Simona Halep, Agnieszka Radwanska, Karolina Pliskova, Garbiñe Muguruza, Madison Keys e Dominika Cibulkova