23°
Máx
12°
Min

Confirmado para sua 5ª Olimpíada, Federer vence e avança às quartas em Halle

(Foto: Philip Hall/ usopen.org) - Confirmado para sua 5ª Olimpíada, Federer vence e avança às quartas em Halle
(Foto: Philip Hall/ usopen.org)

Poucas horas depois de ter sido confirmado de forma oficial pela Associação Olímpica da Suíça como um dos seis tenistas do país convocados para os Jogos do Rio, em agosto (leia mais abaixo), Roger Federer avançou às quartas de final do Torneio de Halle, nesta quinta-feira, ao vencer o tunisiano Malek Jaziri por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5.

Cabeça de chave número 1 do ATP 500 alemão realizado em quadras de grama que serve de preparação para Wimbledon, Grand Slam marcado para começar no próximo dia 27, o atual terceiro colocado do ranking mundial só teve maiores dificuldades diante do 64º tenista do mundo na segunda parcial do jogo e liquidou o confronto em 1h08min.

Desta forma, Federer se credenciou para enfrentar na próxima fase o belga David Goffin, quinto cabeça de chave, que em outro duelo do dia contou com a desistência do ucraniano Sergiy Stakhovsky quando vencia o terceiro set por 2/0. Antes disso, chegou a perder o primeiro por 6/4 e reagiu ao ganhar o segundo por 7/5.

Para seguir em frente na Alemanha, Federer começou melhor o duelo desta quinta ao confirmar todos os seus saques e converteu um de dois break points cedidos por Jaziri para abrir vantagem antes de fechar em 6/3.

Na segunda parcial, porém, o suíço chegou a tomar um susto ao ter o saque quebrado e ficar em desvantagem de 4/1. Entretanto, não se abateu, converteu dois break points cedidos pelo tunisiano e confirmou todos os seus serviços para aplicar o 7/5 que determinou o seu triunfo.

Em outro jogo já encerrado nesta quinta em Halle, o alemão Philipp Kohlschreiber sofreu, mas confirmou a sua condição de oitavo cabeça de chave ao superar o croata Ivo Karlovic por 2 sets a 1, de virada, com parciais 6/7 (7/9), 6/4 e 7/5, para também ir às quartas de final. O seu próximo rival será o vencedor do duelo entre o austríaco Dominic Thiem, terceiro pré-classificado, e o russo Teymuraz Gabashvili, também programado para acabar nesta quinta-feira

OLIMPÍADA - Conforme já era esperado, Federer foi convocado nesta quinta para o Rio-2016 para aquela que será a sua quinta Olimpíada pela Suíça. Após debutar em Sydney-2000, ele também esteve presente em Atenas-2004, Pequim-2008 e Londres-2012, sendo que na Grécia e na China o astro também figurou como porta-bandeira do seu país na cerimônia de abertura dos Jogos.

Em Pequim, o recordista de títulos de Grand Slam foi campeão olímpico de duplas masculinas atuando ao lado de Stan Wawrinka, antes de ser medalhista de prata em Londres na chave masculina de simples, perdendo a disputa pelo ouro para o britânico Andy Murray, então no glamouroso complexo do Grand Slam de Wimbledon.

Pela escalação divulgada nesta quinta, Federer está programado para disputar a chave de simples e a de duplas masculinas novamente com Wawrinka, que também estará na disputa individual, na qual entre as mulheres o país terá Belinda Bencic e Timea Bacsinszky como representantes.

Já nas duplas femininas a grande estrela da história do tênis suíço entre as mulheres, Martina Hingis, formará parceria com Bencic. Ex-número 1 do mundo em simples e hoje líder da WTA nas duplas, Hingis estreou em uma Olimpíada em Atlanta-1996, então com 20 anos de idade. Porém, nunca mais foi a uma edição dos Jogos e agora retornará ao grande evento olímpico após duas décadas.

A outra dupla escalada pela Suíça para jogar a chave feminina do tênis no Rio-2016 será formada por Bacsinszky e Xenia Knoll. Os tenistas suíços que estarão presentes da competição de duplas mistas, que só precisam ser confirmadas em 9 de agosto, ainda não foram determinados pelo país.