22°
Máx
16°
Min

De virada, Bruno Soares perde e fica com o vice na chave de duplas em Montecarlo

Ficou no quase o primeiro título do brasileiro Bruno Soares na chave de duplas do Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro. Neste domingo, ele e o britânico Jamie Murray, líder no ranking individual de duplas da ATP, foram derrotados de virada pelos franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, que triunfaram por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/0 e 10 a 6 no match tie-break, em 1 hora e 14 minutos de jogo.

Bruno Soares buscava o seu 23.º título na carreira em sua 43.ª final. Das suas 22 conquistas até agora, apenas duas são de Masters 1000 - Toronto, no Canadá, e Cincinnati, nos Estados Unidos. Com seu novo parceiro de duplas - até o ano passado jogava com o austríaco Alexander Peya -, o tenista mineiro chegou à terceira decisão em 2016. Nas duas anteriores, títulos no Aberto da Austrália e no Torneio de Sydney, também em solo australiano.

O duelo deste domingo foi entre as duas melhores duplas na atualidade do circuito profissional. Isso porque agora os franceses Pierre-Hughes Herbert e Nicolas Mahut conquistaram o terceiro Masters 1000 do ano - vieram de títulos em Indian Wells e Miami, nos Estados Unidos. Os dois repetem o que os irmãos gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan fizeram em 2014.

Em quadra, Soares e Murray dominaram o início do primeiro set e conseguiram uma quebra no oitavo game para fazer 5 a 3. O britânico sacou para fechar a parcial, mas teve o serviço quebrado. Por sorte, Herbert também não sacou bem no game seguinte e a vitória da dupla do brasileiro veio por 6/4.

A partir do segundo set, domínio total dos franceses. Com três quebras, Mahut e Herbert aplicaram um "pneu" e ganharam por 6/0. No match tie-break, a mesma coisa. Abriram 4 a 0 e administraram o placar até fecharam a partida em 10 a 6.

Agora, Bruno Soares e Jamie Murray viajam para Barcelona, na Espanha, onde nesta semana disputam o ATP 500 local. Eles são cabeças de chave número 3 e estreiam contra o finlandês Henri Kontinen e o australiano John Peers. Os principais favoritos são o brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig, que iniciam contra o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol Marcel Granollers.