23°
Máx
12°
Min

Demoliner avança à final de duplas do Torneio de Bastad

O brasileiro Marcelo Demoliner está classificado para a decisão da chave de duplas do Torneio de Bastad, ATP 250 sueco disputado em quadras de saibro. Nesta sexta-feira, o gaúcho e o australiano Marcus Daniell avançaram para a decisão com a vitória sobre o argentino Facundo Bagnis e o britânico Aljaz Bedene por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

Demoliner e seu parceiro australiano fecharam a partida com três aces, dois a mais do que os adversários. Além disso, venceram 87% dos pontos disputados no primeiro serviço, contra um aproveitamento de apenas 61% dos oponentes.

No primeiro set, Demoliner e Daniell não tiveram o saque ameaçado e converteram um de dois break points, triunfando por 7/5. Na segunda parcial, cada dupla teve quatro chances de quebra. E o brasileiro e o australiano voltaram a se dar melhor, pois aproveitaram uma a mais do que os oponentes, aplicando 6/4 e se garantindo na decisão do Torneio de Bastad.

Agora eles aguardam a definição dos adversários na final. E os oponentes vão sair do jogo em que os espanhóis Marcel Granollers e David Marrero vão encarar o alemão Dustin Brown e o australiano Rameez Junaid.

A decisão em Bastad será, aliás, a segunda de Demoliner, o 81º colocado no ranking da duplas, no circuito da ATP em 2016 - em parceria com o também brasileiro Thomaz Bellucci, ele perdeu a decisão do Torneio de Quito.

SIMPLES - As semifinais da chave de simples do torneio sueco terão três tenistas espanhóis. O principal deles é David Ferrer, cabeça de chave número 1 e 13º colocado no ranking, que nesta sexta-feira superou Brown, o número 101 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 6/1, 4/6 e 6/4.

O próximo rival de Ferrer, dono de dois títulos do torneio sueco, vai ser o compatriota Alber Ramos (35º colocado no ranking), que superou, de virada, o italiano Andrea Arnaboldi (230º) por 5/7, 7/5 e 6/0. Seu oponente em busca de uma vaga na decisão vai ser o português Gastão Elias (89º), que superou o compatriota João Souza (30º), por duplo 6/2.