26°
Máx
19°
Min

Djokovic bate freguês Raonic e passa às semifinais do Masters 1000 de Madri

O retrospecto entre Novak Djokovic e Milos Raonic segue inabalável para o número 1 do mundo. Nesta sexta-feira, o tenista sérvio derrotou o canadense por 2 sets a 0 - com parciais de 6/3 e 6/4, em 1 hora e 43 minutos -, avançou às semifinais do Masters 1000 de Madri, na Espanha, e se manteve invicto no duelo contra o 10.º colocado do ranking da ATP. São sete vitórias em sete jogos no circuito profissional.

Neste sábado, o adversário de Djokovic na luta por sua 90.ª final na carreira será o japonês Kei Nishikori, que mais cedo derrotou o australiano Nick Kyrgios. Empatado em 28 títulos de Masters 1000 com o espanhol Rafael Nadal - que faz a outra semifinal contra o britânico Andy Murray -, o sérvio espera se valer de seu bom desempenho contra Nishikori, número 6 do mundo, para avançar. Em nove partidas, são sete triunfos - sendo seis de forma consecutiva.

Algoz do brasileiro Thomaz Bellucci na rodada de estreia, Raonic chegou às quartas de final sem ter o seu saque quebrado em três partidas. Esta estatística logo foi para o espaço contra Djokovic com suas potentes devoluções. O sérvio criou chances de quebra em cinco games diferentes e com uma em cada set conseguiu a vitória sobre o canadense.

Outro ponto importante para a vitória de Djokovic nesta sexta-feira foi a sua regularidade em quadra. O sérvio cometeu apenas 15 erros não-forçados, sendo apenas três no primeiro set, contra 34 de Milos Raonic. O canadense só esboçou alguma reação no segundo set, quando disputou alguns pontos mais longos, mas não teve forças contra o número 1 do mundo.