21°
Máx
17°
Min

Djokovic bate Nishikori, fatura tetra no Canadá e leva seu 30º título de Masters

(Foto: Divulgação)  - Djokovic bate Nishikori, fatura tetra no Canadá e leva seu 30º título
(Foto: Divulgação)

Novak Djokovic deu nova demonstração, neste domingo, do domínio que vem impondo aos seus adversários no circuito profissional do tênis. O sérvio conquistou o título do Masters 1000 de Toronto ao vencer o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5, em apenas 1h20min de confronto.

Assim, o líder do ranking mundial faturou o tetracampeonato desta competição, pois também foi campeão em solo canadense em 2007, 2011 e 2012, assim como atingiu o seu 30º título da série Masters 1000, outra marca de grande expressão. Maior vencedor desta série, ele agora abriu dois troféus de vantagem sobre Rafael Nadal. Para completar, Djokovic atingiu o seu 66º título de simples na carreira.

O sérvio, por sinal, enfileirou vitórias sobre velhos fregueses nos últimos jogos de sua campanha em Toronto. Após passar nas quartas de final por Tomas Berdych naquela que foi a sua 25ª vitória em 27 jogos contra o checo, ele derrotou Gael Monfils na semifinal com o seu 12ª triunfo em 12 jogos contra o francês.

Contra Nishikori, por sua vez, o cenário de favoritismo também era imenso a seu favor, pois Djokovic conquistou neste domingo a sua décima vitória em 12 confrontos com o japonês, que somou a sua nona derrota consecutiva para o número 1 do mundo.

Neste novo duelo, o sérvio confirmou todos os seus saques no primeiro set sem oferecer chances de quebra e ainda converteu um de dois break points para fazer 6/3. Já na segunda parcial, o japonês até chegou a conquistar uma quebra, mas o favorito foi feliz em duas de três oportunidades de ganhar games no serviço do adversário para aplicar o 7/5 que liquidou o confronto.

Assim, Djokovic mostrou mais uma vez que chegará aos Jogos Olímpicos do Rio, que começam nesta próxima semana, como grande favorito à medalha de ouro.