23°
Máx
12°
Min

Djokovic conquista 700ª vitória na carreira e avança às quartas em Dubai

(Foto: Usopen.org) - Djokovic conquista 700ª vitória na carreira e avança às quartas em Dubai
(Foto: Usopen.org)

O sérvio Novak Djokovic teve muita facilidade para conquistar a 700ª vitória da sua carreira. Nesta quarta-feira, o número 1 do mundo atingiu a marca histórica e se classificou às quartas de final do Torneio de Dubai ao derrotar o tunisiano Malek Jaziri, convidado da organização e apenas o 121º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/2.

Atuando no circuito profissional do tênis há uma década, Djokovic agora soma 700 vitórias e 146 derrotas na sua carreira. Assim, ele se tornou o terceiro tenista em atividade a somar ao menos 700 triunfos, ao lado do suíço Roger Federer, com 1.067 triunfos, e do espanhol Rafael Nadal, com 775.

Com a sua 700ª vitória, Djokovic segue na rota para conquistar o quinto título em Dubai, onde parou em Federer nos últimos dois anos. Diante de Jaziri, o sérvio conseguiu quebras de serviço no quarto e sexto games do primeiro set para fazer 6/1. Já na segunda parcial, apesar de vários erros cometidos, o número 1 do mundo converteu break points no terceiro e sétimo games para vencer por 6/2.

Nas quartas de final em Dubai, Djokovic terá pela frente o espanhol Feliciano Lopez, 24º colocado no ranking, que nesta quarta-feira derrotou o checo Lukas Rosol (51º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (9/7).

Número 7 do mundo, o checo Tomas Berdyh avançou pela quarta vez às quartas de final de um torneio em 2016 ao bater o italiano Thomas Fabbiano, 144º colocado no ranking e que veio do qualifying, por duplo 6/2.

Berdych já foi finalista duas vezes em Dubai e avançou às semifinais do torneio em quatro das últimas cinco edições. Seu próximo oponente vai ser o australiano Nick Kyrgios, número 33 do mundo, que aplicou 6/3 e 6/2 no casaque Mikhail Kukushkin.

O espanhol Roberto Bautista Agut, número 18 do mundo, atingiu sua quinta quartas de final na temporada ao massacrar o sul-coreano Hyeon Chung por 6/0 e 6/1. Campeão em Auckland e Sofia em 2016, o espanhol agora duelará com o cipriota Marcos Baghdatis (57º), que passou pelo canadense Vasek Pospisil por 6/4 e 6/2.