27°
Máx
13°
Min

Djokovic e Murray avançam com facilidade em Xangai; Melo é eliminado

O sérvio Novak Djokovic e o escocês Andy Murray tiveram pouco trabalho nesta quinta-feira para alcançar as quartas de final do Masters 1000 de Xangai, na China. Atual campeão e número 1 do mundo, Djokovic derrotou o canadense Vasek Pospisil por duplo 6/4. Já Murray, vice-líder do ranking, superou o francês Lucas Pouille por 6/1 e 6/3. Nas duplas, Marcelo Melo e o polonês Lukasz Kubot foram eliminados na estreia, já nas oitavas de final.

Em sua segunda partida em Xangai, Djokovic resistiu bem ao bom saque de Pospisil, responsável por 12 aces, e não levou sustos nas duas parciais da partida. O canadense chegou a faturar uma quebra de saque no set inicial, mas o sérvio não se abalou e venceu a parcial.

No segundo set, Djokovic foi mais estável, embora sem exibir maior brilho. Mas foi o suficiente para superar Pospisil, que veio do qualifying, com solidez no saque e nas devoluções. Sem ter o serviço ameaçado, o sérvio sacramentou a vitória em apenas 1h20min de confronto.

Com o triunfo, Djokovic se manteve na busca pelo bicampeonato - também venceu em Xangai em 2012 e 2013. Nas quartas, ele enfrentará o alemão Mischa Zverev, que avançou na chave ao superar o espanhol Marcel Granollers por 6/7 (4/7), 6/4 e 6/1.

A defesa do título é importante para o sérvio seguir com tranquilidade na posição de número 1 do mundo. Se não confirmar o troféu, poderá ser ameaçado por Andy Murray nas últimas competições do ano.

O tenista britânico também venceu com facilidade nesta quinta e se garantiu nas quartas de final. Campeão em Xangai em 2010 e 2011, Murray dominou Lucas Pouille, maior surpresa do US Open, por 6/1 e 6/3, em 1h17min. O escocês sequer teve o saque ameaçado contra o francês e abriu vantagem com quatro quebras de saque na partida, duas em cada set. Nas quartas de final, Murray vai encarar o vencedor do duelo entre o francês Gael Monfils e o belga David Goffin.

Pela mesma rodada, o canadense Milos Raonic decepcionou nesta quinta-feira ao levar uma inesperada virada do norte-americano Jack Sock. Quinto cabeça de chave, o vice-campeão de Wimbledon aplicou 6/0 no americano no set inicial. No entanto, caiu de ritmo nas duas parciais seguintes, quando foi derrotado por 6/4 e 7/6 (10/8).

Os demais cabeças de chave que abriram a rodada confirmaram o favoritismo. O espanhol Roberto Bautista Agut bateu o sérvio Viktor Troicki, algoz de Rafael Nadal, por duplo 6/3.

O próximo adversário de Bautista Agut será o francês Jo-Wilfried Tsonga, outro cabeça de chave a vencer nesta quinta. O nono pré-classificado derrotou o jovem alemão Alexander Zverev, uma das revelações da temporada, por 6/7 (4/7), 6/2 e 7/5.

DUPLAS - Atual campeão em Xangai, ao lado do sul-africano Raven Klaasen, o brasileiro Marcelo Melo se despediu em sua estreia neste ano. Jogando ao lado do polonês Lukasz Kubot, ele foi eliminado pelo espanhol Marcel Granollers e pelo uruguaio Pablo Cuevas por 4/6, 6/4 e 10/4.

Melo também venceu em Xangai em 2013, ao lado do seu parceiro habitual, o croata Ivan Dodig. Com o resultado desta quinta-feira, Melo deve perder ao menos duas posições no ranking, trocando a quinta pela sétima colocação na próxima atualização da lista.