26°
Máx
19°
Min

Djokovic sofre, mas elimina Nadal e vai à semifinal em Roma

Atual bicampeão, o sérvio Novak Djokovic fez valer seu recente domínio sobre o saibro de Roma para desbancar o espanhol Rafael Nadal nesta sexta-feira, nas quartas de final do Masters 1000 disputado na Itália. O número 1 do mundo levou a melhor pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/4), em 2h24min.

Apesar da vitória em sets diretos, o líder do ranking teve trabalho para superar o especialista no saibro. No segundo set, Djokovic precisou salvar cinco set points do rival e, no tie-break, enfrentou a conhecida resistência de Nadal, que teve chances de reagir na parcial.

A partida foi marcada pelo equilíbrio do primeiro ao último ponto. Os próprios números do jogo atestaram o duelo parelho. Nadal cometeu 31 erros não forçados, contra 27 do sérvio. Djokovic acertou 27 bolas vencedoras, diante de 23 do espanhol. O rendimento no saque também foi semelhante. O sérvio sofreu duas quebras, enquanto Nadal levou três.

Foi somente na primeira parcial que o número 1 do mundo conseguiu apresentar ligeira superioridade em quadra. Obteve duas quebras e ficou em vantagem, apesar da quebra de Nadal, entre seguidas disputas de bola no fundo de quadra.

No segundo set, o espanhol reagiu e abriu vantagem ao faturar nova quebra. Nadal sustentou a dianteira até sacar para empatar o jogo. Com o serviço em mãos, chegou a exibir cinco set points, todos devidamente salvos pelo rival. Sem conseguir neutralizar a reação do sérvio, o espanhol sofreu a quebra e precisou disputar o tie-break, quando Djokovic foi novamente superior.

Com o resultado, Djokovic ampliou a sequência de vitórias sobre o rival. Agora são sete triunfos consecutivos. No total, o sérvio aumentou para 26 seu número de vitórias no retrospecto geral, contra 23 de Nadal.

Na semifinal, o número 1 do mundo vai enfrentar o vencedor do confronto entre o japonês Kei Nishikori e o austríaco Dominic Thiem, algoz de Roger Federer. Os dois se enfrentam ainda nesta sexta-feira.