22°
Máx
16°
Min

Djokovic vence fácil Coric na estreia no Masters 1000 de Madri

Sem jogar o Masters 1000 de Madri desde 2013, Novak Djokovic não decepcionou na sua partida de estreia na edição de 2016 da competição, disputada em quadras de saibro. Nesta quarta-feira, o número 1 do mundo avançou ao superar com facilidade o croata Borna Coric, 40º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, em 1 hora e 18 minutos.

Djokovic vinha de uma surpreendente derrota na sua estreia no Masters 1000 de Montecarlo, para o checo Jiri Vesely, mas nesta quarta-feira atuou em alto nível mais uma vez, sobressaindo nas trocas de bola e mostrando que o revés foi mais um "ponto fora da curva" para quem vem dominando o tênis mundial nos últimos meses.

O duelo desta quarta-feira foi o primeiro entre Djokovic e Coric. No set inicial, o sérvio não teve o seu serviço ameaçado e conseguiu duas quebras de serviço, no quarto e oitavo games, para bater o croata por 6/2.

A segunda parcial foi mais equilibrada, com Djokovic tendo apenas um break point, no décimo game. O número 1 do mundo não o desperdiçou e assim fechou a parcial em 6/4 e o jogo em 2 sets a 0, se garantindo nas oitavas de final do Masters 1000 de Madri.

O próximo adversário de Djokovic já está definido e vai ser o espanhol Roberto Bautista Agut, a quem superou nos três duelos anteriores. Nesta quinta, o número 18 do mundo superou o compatriota Feliciano López, 23º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 5/7 e 7/5.

OUTROS JOGOS - Em uma partida definida em dois tie-breaks, o australiano Nick Kyrgios, número 21 do mundo, avançou às oitavas de final em Madri ao superar o suíço Stan Wawrinka, o quarto colocado no ranking, por duplo 7/6, em 1 hora e 54 minutos.

O duelo foi o segundo entre eles desde uma grande polêmica no ano passado, quando Kyrgios disse durante uma partida que Thanasi Kokkinakis já havia se relacionado com a namorada de Wawrinka, a também tenista Donna Vekic.

Número 8 do mundo e vice-campeão do torneio espanhol em 2012, o checo Tomas Berdych superou o usbeque Denis Istomin, 79º colocado no ranking e que veio do qualifying, por duplo 6/3, em 1 hora e 9 minutos.

O japonês Kei Nishikori precisou salvar um match point para superar nesta quarta-feira o italiano Fabio Fognini, 31º colocado no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/2, 3/6 e 7/5, em 2 horas e 12 minutos. O seu próximo adversário vai ser o francês Richard Gasquet.

O francês Gilles Simon, número 18 do mundo, superou o espanhol Pablo Carreno Busta (46º colocado no ranking) de virada, com parciais de 2/6, 6/3 e 6/4, e será o rival do britânico Andy Murray nas oitavas de final em Madri.

O norte-americano Sam Querrey, número 37 do mundo, bateu o francês Lucas Pouille por 6/7 (5/7), 6/3 e 6/4 e agora vai encarar o espanhol Rafael Nadal. Já o português João Sousa (35º) se garantiu nas oitavas de final com um triunfo por duplo 6/3 sobre o espanhol Marcel Granollers.