23°
Máx
12°
Min

Em duelo brasileiro, Soares bate Sá nas duplas e avança à semifinal do US Open

Bruno Soares levou a melhor no confronto brasileiro das quartas de final do torneio de duplas do US Open e garantiu vaga nas semifinais do Grand Slam norte-americano nesta quarta-feira. Ao lado de seu parceiro, o britânico Jamie Murray, o número 8 do mundo entre os duplistas passou por seu compatriota André Sá e pelo australiano John Guccione por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (11/9), 2/6 e 6/3.

Com o resultado, Soares vai às semifinais do US Open pela segunda vez na carreira, a primeira ao lado de Murray. Em 2013, ainda ao lado do austríaco Alexander Peya, o brasileiro teve sua melhor campanha no Grand Slam ao ser vice-campeão, caindo para Radek Stepanek e Leander Paes na decisão.

Para André Sá, a queda nas quartas representou sua melhor campanha no US Open, igualando 2007, quando também caiu nesta fase da competição, ao lado de Marcelo Melo. O número 68 do mundo entre os duplistas ainda perdeu a chance de chegar às semifinais de um Grand Slam pela segunda vez na carreira, como em Wimbledon, também em 2007.

Nesta quarta, o favoritismo de Soares e Murray falou mais alto. Cabeças de chave número 4 e considerados uma das principais duplas do tênis na atualidade, os jogadores até tiveram dificuldade ao longo dos dois primeiros sets, principalmente no segundo, no qual viram os adversários igualarem o jogo. Mas no momento decisivo, a experiência em confrontos importantes falou mais alto e eles fecharam.

Com isso, Soares é o único brasileiro vivo nesta edição do US Open, depois das quedas de Sá, Marcelo Melo, Thomaz Bellucci e Marcelo Demoliner, nas duplas, e de Bellucci, Guilherme Clezar, Rogério Dutra Silva e Teliana Pereira, em simples.

Campeão do Aberto da Austrália deste ano, Soares luta por seu segundo título de Grand Slam nas duplas masculinas. Para isso, terá difícil tarefa nas semifinais, nas quais pode ter pela frente os cabeças de chave número 1 do torneio, os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut, que duelam com os sueco Robert Lindstedt e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi nas quartas.