27°
Máx
13°
Min

Federer e Nadal não jogam o Masters de Toronto e só voltarão a atuar na Olimpíada

A organização do Masters 1000 de Toronto, no Canadá, confirmou nesta terça-feira que Roger Federer e Rafael Nadal, respectivos atuais terceiro e quarto colocados do ranking da ATP, ficarão fora do torneio que será disputado entre os próximos dias 23 e 31, no Canadá.

Desta forma, o suíço e o espanhol só voltarão a jogar no circuito profissional nos Jogos Olímpicos do Rio, que acontecem entre 5 e 21 de agosto, e não poderão usar o evento canadense como preparação final para a Olimpíada.

Federer disse que tomou a "dura decisão de desistir" do Masters 1000 de Toronto para poder se recuperar melhor do desgaste acumulado no Grand Slam de Wimbledon, em Londres, onde avançou às semifinais e acabou eliminado pelo canadense Milos Raonic.

"Toronto é dos meus eventos favoritos do calendário e estou decepcionado porque não estarei pronto para competir diante dos meus grandes fãs canadenses. Olhando para frente, percebi que preciso de um tempo a mais depois de Wimbledon", justificou o recordista de títulos de Grand Slam, que depois finalizou: "Espero voltar ao Canadá no próximo ano e espero que os organizadores do torneio tenham muito sucesso na competição deste ano".

Já Nadal, ao ter a sua ausência confirmada do Masters de Toronto, chegará ao Rio para atuar depois de um período ainda maior de afastamento, pois não joga desde quando sofreu uma lesão no pulso durante a disputa de Roland Garros, na segunda quinzena de maio.

"Eu apenas comecei a treinar há uma semana depois de minha lesão no pulso e não estou pronto para jogar em um evento importante como este", reconheceu o espanhol, voltando a colocar em dúvida a sua condição para a Olimpíada, pois inicialmente planejar voltar ao circuito no evento canadense e usá-lo como preparação para os Jogos do Rio.