22°
Máx
17°
Min

Federer sofre lesão nas costas e desiste do Masters 1000 de Madri

(Foto: Divulgação)  - Federer sofre lesão nas costas e desiste do Masters 1000 de Madri
(Foto: Divulgação)

Mais uma vez os problemas físicos impedirão que Roger Federer entre em quadra. Depois de perder boa parte da temporada até o momento por um problema no joelho, o suíço anunciou nesta segunda-feira que não disputará o Masters 1000 de Madri. O motivo, desta vez, é um problema nas costas, que já o atrapalhou em 2013.

"Minhas costas estão doendo um pouco. Tive que parar de novo. Em teoria, devia ter treinado ontem e hoje, mas não quero correr riscos porque sei que não vou estar pronto para jogar na quarta-feira. O melhor é me preparar para Roma. Sinto muito", anunciou o suíço em entrevista coletiva nesta segunda.

Esta é a quinta competição que Federer deixa de disputar em 2016. Depois de ser submetido a uma artroscopia no joelho após sua participação no Aberto da Austrália, o tenista se ausentou de torneios em Doha, Roterdã, Indian Wells e Miami. Seu retorno aconteceu em Montecarlo, onde caiu nas quartas de final.

Federer explicou que sentiu a lesão nas costas no treino do último sábado, mas indicou que o problema não é dos mais grave. Assim, o suíço deverá ficar de fora somente da competição em Madri, que sequer estava em sua agenda original. O tenista só foi incluído na chave recentemente, para intensificar a preparação rumo a Roland Garros.

Número 3 do mundo, Federer tinha grandes chances de ultrapassar Andy Murray em caso de uma boa campanha em Madri. Sem ele, um dos jogadores que foram eliminados no qualifying será sorteado para ocupar seu lugar. O "lucky loser" será o adversário do vencedor do confronto entre o francês Nicolas Mahut e o português João Sousa na segunda rodada.