22°
Máx
16°
Min

Federer vence, iguala nova marca de Lendl e vai à semifinal em Stuttgart

(Foto: Usopen.org) - Federer vence, iguala nova marca de Lendl e vai à semifinal em Stuttgart
(Foto: Usopen.org)

Em um jogo no qual atingiu uma nova marca histórica de sua incrível carreira, Roger Federer venceu o alemão Florian Mayer por 2 sets a 0, com duplo 7/6, sendo 7/2 e 7/1 nos tie-breaks, e garantiu vaga nesta sexta-feira na semifinal do Torneio de Stuttgart. Cabeça de chave número 1 do ATP 250 alemão realizado em quadras de grama, o suíço avançou nesta que foi a sua 1.314ª partida no circuito profissional, fato que o fez igualar pelo segundo dia seguido um feito obtido pelo lendário ex-tenista Ivan Lendl.

Recordista de títulos de Grand Slam, com 17 taças, o atual terceiro colocado do ranking mundial agora só está atrás de Jimmy Connors em número de jogos disputados na era profissional do tênis. O norte-americano, que também é o jogador com maior número de vitórias em todos os tempos, realizou um total de 1.535 partidas.

Curiosamente, na última quinta-feira Federer alcançou a sua 1.071ª vitória, mesmo número de triunfos acumulados por Lendl, checo naturalizado norte-americano. Connors, por sua vez, conquistou impressionantes 1.253 vitórias, marca que ainda parece inalcançável, até porque o suíço de 34 anos já está na reta final de sua carreira.

Para ir às semifinais em Stuttgart, Federer não teve moleza diante do atual 226º colocado do ranking mundial, que sofreu nesta sexta a sua sétima derrota em sete jogos com o alemão. No primeiro set, nenhum dos dois tenistas conseguiu conquistar quebras de saque e a disputa foi ao tie-break, no qual o suíço fez valer a sua alta categoria para fechar em 7/2.

Já na segunda parcial, Mayer chegou a quebrar o serviço de Federer por uma vez, abrir 2/0 e ainda teve três set points, mas o suíço se salvou em todos e também converteu um break point, forçando um novo desempate no tie-break, no qual o favorito foi ainda mais superior do que no primeiro para liquidar o duelo em 7/1.

Com o novo triunfo, Federer se credenciou para enfrentar nas semifinais o austríaco Dominic Thiem, jovem de apenas 22 anos, que vive grande fase e alcançou a sétima posição do ranking mundial após realizar bela campanha em Roland Garros, Grand Slam encerrado no último domingo, em Paris, onde avançou até as semifinais.

Em seu primeiro torneio desde quando se tornou um Top 10 do circuito profissional, Thiem avançou à próxima fase ao bater o russo Mikhail Youzhny, atual 76º colocado da ATP, por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 3/6, 6/4 e 7/5, nesta sexta-feira.

Será o terceiro confronto entre Federer e Thiem, que levou a melhor no último deles, em piso de saibro, no Masters 1000 de Roma, onde venceu por 2 sets a 0. Também neste ano, o suíço superou o adversário no Torneio de Brisbane, em quadra dura.