21°
Máx
17°
Min

Feijão fatura 11ª vitória seguida e avança no quali do US Open; Paula perde

Embalado por uma boa sequência em torneios de nível challenger, João Souza, o Feijão, venceu em sua estreia no qualifying do US Open, nesta quarta-feira. Já Paula Gonçalves se despediu logo na primeira rodada, assim como Beatriz Haddad Maia, na terça. Assim, o Brasil terá apenas Teliana Pereira na chave principal do quarto e último Grand Slam da temporada.

Na 119ª colocação do ranking, Feijão derrotou nesta quarta o australiano Andrew Whittington, 192º do mundo, por 2 sets a 0, com duplo 6/4. Foi sua 11ª vitória consecutiva no circuito, uma vez que vinha dos títulos em Fano e Cortina, ambos challengers disputados na Itália.

"Foi uma boa estreia, estreia é sempre complicado ainda mais nesse tipo de torneio, um Grand Slam onde todo mundo quer ir bem. Jogo perigoso, mas consegui ir bem nos momentos importantes para vencer", disse o brasileiro, que enfrentará na segunda rodada o experiente alemão Matthias Bachinger. "Amanhã é pedreira, Bachinger é super experiente e atua muito bem nesse piso rápido", comentou Feijão.

Já Paula Gonçalves não resistiu à australiana Arina Rodionova e caiu logo na estreia, nesta quarta. Ela foi superada por 7/6 (7/2) e 7/5, em um duelo equilibrado com quase duas horas de duração. Paula ocupa a 160ª posição do ranking, sendo a número dois do Brasil.

Com os resultados desta quarta, o Brasil conta com dois tenistas na briga pela vaga na chave principal: Feijão e Guilherme Clezar, que venceu em sua estreia, na terça. No mesmo dia, Bia Haddad e Thiago Monteiro foram eliminados. Além de Teliana, estão garantidos na chave principal Thomaz Bellucci e Rogério Dutra Silva.