28°
Máx
17°
Min

Ferrer sofre, mas vence de virada em estreia no Masters de Madri

(Foto: Divulgação)  - Ferrer sofre, mas vence de virada em estreia no Masters de Madri
(Foto: Divulgação)

David Ferrer sofreu mais do que esperava em sua estreia no Masters 1000 de Madri. Diante de sua torcida, o atual número nove do mundo precisou exibir seu conhecido poder de superação nesta segunda-feira para virar o placar contra o compatriota Guillermo Garcia-López, pelo placar de 3/6, 6/1 e 6/2.

Sem ritmo no primeiro set, Ferrer foi alvo fácil de Garcia-López. Sofreu duas quebras de saque e não conseguiu equilibrar o duelo. Depois do susto, o favorito se transformou em quadra. Melhorou o rendimento no saque e no fundo de quadra. Como consequência, não teve o serviço ameaçado em nenhum momento do segundo e do terceiro sets.

Mais confiante, soube impor pressão sobre o rival, que acabou cedendo. Foram quatro quebras nas duas últimas parciais da partida. Ferrer fechou o jogo após 1h47min de confronto. Na segunda rodada, o tenista da casa vai enfrentar o vencedor do duelo entre o norte-americano Denis Kudla e o croata Ivo Karlovic.

Enquanto Ferrer estreava no saibro de Madri, dois dos favoritos ao título conheciam nesta segunda seus adversários de estreia na competição. O local Rafael Nadal vai duelar com o russo Andrey Kuznetsov, que avançou na competição ao derrotar o sérvio Viktor Troicki por 2 sets a 0, com duplo 6/4.

O escocês Andy Murray, número dois do mundo, terá pela frente o experiente Radek Stepanek. O tenista da República Checa bateu nesta segunda o canadense Vasek Pospisil por 6/1, 6/7(4/7) e 6/4. Tanto Murray quanto Nadal vão estrear somente na segunda rodada da chave de Madri.

Outros dois cabeças de chave em Madri tiveram destinos diferentes nesta segunda. O francês Richard Gasquet, décimo pré-classificado, despachou o local Roberto Carballes por 6/1 e 7/6 (7/5). Gasquet vai enfrentar na sequência outro tenista espanhol, Fernando Verdasco.

Já o belga David Goffin, 12º cabeça de chave, se despediu de forma precoce em Madri. Ele foi batido pelo francês Lucas Pouille por 7/6 (7/4), 2/6 e 7/6 (9/7). Ainda nesta segunda avançaram o português João Sousa, o usbeque Denis Istomin e o norte-americano Sam Querrey.