27°
Máx
13°
Min

Ferrer vence chileno na estreia no Rio; chuva interrompe jogo de Bellucci

Atual campeão do Rio Open, o espanhol David Ferrer sofreu mais do que esperava para vencer em sua estreia na edição deste ano do único ATP 500 disputado na América do Sul. O número 6 do mundo suou para derrotar o jovem chileno Nicolas Jarry, apenas o 493º colocado do ranking, por 6/3 e 7/6 (7/3). O experiente Ferrer precisou de 1h43min para eliminar o rival de apenas 20 anos.

"Foi um jogo muito difícil e as condições estavam bem complicadas, especialmente por conta da umidade. No fim, estou feliz por ter vencido, mas sei que preciso melhorar muito para minha próxima partida", admitiu Ferrer, que enfrentará na segunda rodada o compatriota Albert Ramos-Viñolas.

"Sei que será outro jogo complicado porque ele é um lutador. A única coisa boa na minha partida de hoje foi que estava forte mentalmente, mas de resto sei que tenho de melhorar em tudo se quiser vencê-lo", projetou o campeão do Rio Open de 2015.

Enquanto Ferrer sofria com a umidade em quadra, seu futuro adversário suava pouco para avançar. Ramos-Viñolas só precisou jogar sete games contra o sérvio Dusan Lajovic, que desistiu da partida quando vencia por 3/4.

Não foi o único a abandonar nesta terça. O argentino Juan Monaco desistiu quando o espanhol Daniel Gimeno-Traver liderava o placar por 5/2. O tenista da Espanha será o próximo rival do italiano Fabio Fognini, atual vice-campeão do Rio Open.

Um dos destaques deste início de temporada, o austríaco Dominic Thiem fez boa estreia no saibro carioca. Nesta terça o campeão do Torneio de Buenos Aires, na semana passada, venceu o espanhol Pablo Andújar por 6/3 e 6/4. Na segunda rodada, Thiem vai encarar o argentino Diego Schwartzman.

BELLUCCI - A chuva, que atrapalhou a programação desta segunda, voltou a cair no Rio de Janeiro e novamente interrompeu jogos da competição disputada no Jockey Club. Nesta terça, o mau tempo acabou favorecendo o brasileiro Thomaz Bellucci em sua estreia, contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov.

Bellucci venceu um apertado set inicial por 7/6 (7/3) e tinha desvantagem na segunda parcial, perdendo por 5/6, com saque em seu favor. A chuva caiu mais forte a partir das 19h10 e a arbitragem precisou paralisar o duelo.

A decisão deve favorecer Bellucci porque o brasileiro tinha acabado de receber atendimento médico em quadra. Ele tomara um analgésico, possivelmente em razão de dores nas costas. Com a paralisação, terá tempo suficiente para se recuperar do mal-estar, a tempo de voltar para o jogo, quando for retomado, em melhores condições físicas.