22°
Máx
16°
Min

Gabriela Cé cai na estreia no Rio Open; chuva interrompe programação

Primeira brasileira a entrar em quadra pela chave principal do Rio Open, Gabriela Cé foi eliminada logo em sua estreia no saibro do Jockey Club. Ela foi derrotada pela romena Ana Bogdan antes de a chuva alagar as quadras do complexo, interrompendo a programação desta segunda-feira.

Atual número 246 do ranking da WTA, Cé resistiu ao forte calor, mas sucumbiu diante da romena pelo placar de 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3. Na segunda rodada, Bogdan, 160ª colocada do ranking, vai enfrentar a vencedora do duelo entre a sueca Rebecca Peterson e a espanhola Lara Arruabarrena.

Entre as cabeças de chave, a eslovena Polona Hercog (5ª) e montenegrina Danka Kovinic (3ª) garantiram seus lugares na segunda rodada com vitórias sobre rivais norte-americanas. A primeira derrotou Jennifer Brady por 6/4 e 6/2, enquanto Kovinic bateu Sachia Vickery por 6/3, 5/7 e 6/4.

Já a romena Andreea Mitu, oitava pré-classificada, se despediu logo na estreia, contra a americana Shelby Rogers, por duplo 6/2. Em outro jogo já finalizado nesta segunda, a paraguaia Veronica Cepede Royg superou a americana Anna Tatishvili por 6/7 (4/7), 6/1 e 6/3.

Estes jogos foram completados antes de a forte chuva alagar as quadras do Jockey Club. O mau tempo acabou interrompendo os jogos de Beatriz Haddad Maia e do norte-americano John Isner, na chave masculina. Bia estava perdendo para a romena Sorana Cirstea por 6/2 e 2/0 quando a partida precisou ser paralisada.

No masculino, Isner liderava o placar contra o argentino Guido Pella por 6/5 enquanto o rival sacava para empatar o duelo. O norte-americano é um dos favoritos ao título no saibro do Rio Open.


DUPLAS - Na chave de duplas feminina, o Brasil obteve uma vitória e uma derrota antes do mau tempo. Paula Gonçalves, jogando com a americana Sanaz Marand, derrotou a israelense Julia Glushko e a sueca Rebecca Peterson por 4/6, 6/4 e 10/7. Em outro confronto, Carolina Alves e a canadense Heidi El Tabakh foram superadas pela neozelandesa Marina Erakovic e pela espanhola Silvia Soler-Espinosa por duplo 6/2.