22°
Máx
17°
Min

Kerber e Venus vencem e se enfrentam nas semifinais de Wimbledon

Kerber é a atual campeã do Aberto da Austrália (Foto: Getty Images) - Kerber e Venus vencem e se enfrentam nas semifinais de Wimbledon
Kerber é a atual campeã do Aberto da Austrália (Foto: Getty Images)

A alemã Angelique Kerber e a norte-americana Venus Williams vão se enfrentar em uma das semifinais de Wimbledon. Nesta terça-feira, elas triunfaram em partidas válidas pelas quartas de final, que foram definidas em dois sets, e agora vão duelar por uma vaga na decisão.

Atual campeã do Aberto da Austrália, Kerber, a número quatro do mundo, superou a romena Simona Halep, a quinta colocada no ranking da WTA, com parciais de 7/5 e 7/6 (7/2), em 1 hora e 30 minutos de um duelo confuso na quadra central do All England Club, com 13 quebras de serviço, mais da metade, portanto, dos games disputados.

O primeiro set teve uma incrível sequência de oito games seguidos com quebras de saque, iniciado no segundo, quando Kerber abriu 2/0. Depois, apenas no décimo game a sequência foi interrompida, com Halep confirmando pela primeira vez o seu serviço na partida. No 12º game, porém, ela voltou a sucumbir diante da alemã, que definiu a parcial em 7/5.

No segundo set, as tenistas começaram a trocar quebras de serviço no sexto game, quando Kerber converteu break point. A sequência foi até o nono, quando a alemã perdeu a chance de fechar o jogo com mais tranquilidade, pois liderava o placar por 5/3 no segundo set, quando perdeu o seu saque, adiando a definição do jogo, que ficou para o tie-break, vencido pela alemã com certa folga.

Assim, a número 4 do mundo igualou a melhor campanha da sua carreira em Wimbledon, alcançada em 2012, quando foi eliminada nas semifinais. Além disso, segue com chances de destronar a norte-americana Serena Williams da condição de número 1 do mundo.

Agora, nas semifinais, ela vai duelar com a irmã de Serena, Venus. A número 8 do mundo ficou a um passo de disputar mais uma final em Wimbledon ao superar nesta terça-feira a casaque Yaroslava Shvedova, a 96ª colocada no ranking da WTA, por 7/6 (7/5) e 6/2, em 1 hora e 42 minutos.

Hoje com 36 anos, Venus já foi cinco vezes campeã em Wimbledon - as conquistas foram em 2000, 20001, 2005, 2007 e 2008. A norte-americana também foi vice-campeã outras três vezes em 2002, 2003 e 2009, mas desde 2010 não chegava às quartas de final em Londres.

Nesta terça, pesou a favor de Venus o excesso de erros não-forçados de Shvedova - 33 a 12. Ainda assim, a casaque fez um duelo equilibrado no set inicial e até conseguiu a primeira quebra de saque da parcial, no quinto game, mas perdeu o seu serviço na sequência. Depois, foi batida no tie-break.

Venus começou o segundo set com quebra de saque, mas perdeu o seu no game seguinte. Porém, se recuperou, converteu mais dois break points e abriu 5/1, encaminhando o seu triunfo, definido por 6/2. Agora Venus fará o sexto duelo da sua carreira com Kerber, que está em vantagem de 3 a 2 no confronto direto.