22°
Máx
14°
Min

Kerber supera Vinci e está na semifinal do US Open; Soares cai nas duplas mistas

A alemã Angelique Kerber superou a atual vice-campeã do US Open para se garantir nas semifinais do US Open. Nesta terça-feira, a número 2 do mundo aproveitou um "apagão" da italiana Roberta Vinci, a sétima colocada no ranking da WTA, para superá-la por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/0, em 1 hora e 17 minutos.

Kerber, que tem a chance de ultrapassar Serena Williams e se tornar a número 1 do mundo após o US Open, se garantiu na sua terceira semifinal de um dos torneios do Grand Slam neste ano - a alemã foi campeã do Aberto da Austrália em janeiro e perdeu a decisão de Wimbledon em julho.

O triunfo desta terça-feira foi o terceiro de Kerber em cinco duelos com Vinci, mas elas não se enfrentavam desde 2013. O primeiro set do jogo foi bastante equilibrado, ainda que com sete quebras de serviço nos 12 games disputados.

No décimo game, Vinci perdeu a chance de fechar a parcial em 6/4 ao não conseguir confirmar o seu saque. A partir daí, só deu Kerber. No 12º game, com o placar em 40/0, Vinci cometeu uma dupla falta em razão de um foot-fault - quando, ao sacar, a tenista coloca o pé na linha de fundo da quadra.

A marcação determinou o triunfo de Kerber por 7/5 e irritou Vinci, que aplaudiu ironicamente a marcação do juiz de linha. A alemã se aproveitou e já tendo vencido três games consecutivos, ganhou mais seis aplicando um "pneu" numa parcial em que levou apenas dez pontos.

Classificada às semifinais, Kerber agora vai encarar a vencedora da partida entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a letã Anastasija Sevastova.

DUPLAS MISTAS - Também nesta terça, o brasileiro Bruno Soares e a casaque Yaroslava Shvedova foram eliminados nas quartas de final do torneio de duplas mistas com a derrota para a taiwanesa Yung-Jan Chan e o sérvio Nenad Zimonjic por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 6/3 e 13/11, em 1 hora e 13 minutos.

Shvedova e Soares sobraram no primeiro set. O brasileiro ainda perdeu o serviço no game inicial, mas depois venceu seis seguidos para triunfar por 6/1. Na segunda parcial, porém, eles perderam o saque uma vez, no oitavo game, o que foi suficiente para determinar o revés por 6/3.

No match tie-break, então, nenhuma dupla abriu mais de dois pontos de vantagem. Soares e Shvedova chegaram a ter match point, mas não aproveitaram e acabaram sendo batidos por 13/11.

Com a derrota, Soares encerra a luta para levar seu terceiro título de duplas mistas do US Open - foi campeã em 2012 ao lado da russa Ekaterina Makarova e em 2014 com a indiana Sania Mirza.

Ainda assim, Soares segue no US Open. Ele e o britânico Andy Murray estão nas quartas de final e vão encarar o também brasileiro André Sá e o australiano Chris Guccione.