22°
Máx
14°
Min

Madison Keys bate espanhola, vai à final em Birmingham e será Top 10 da WTA

A norte-americana Madison Keys, uma revelação do país com apenas 21 anos, conseguiu neste sábado a classificação à final do WTA de Birmingham, na Inglaterra, que é disputado em quadras de grama e vale como preparação para Wimbledon, Grand Slam inglês que começará no próximo dia 27. E mais, por ter derrotado a espanhola Carla Suárez Navarro por 2 sets a 1 - com parciais de 3/6, 6/3 e 7/6 (7/3): na próxima semana, estará no Top 10 do ranking mundial.

Madison Keys será a primeira norte-americana a entrar no Top 10 desde que Serena Williams, atual líder, conseguiu a façanha em 1999. Nos últimos 25 anos, somente cinco tenistas dos Estados Unidos obtiveram este feito: Lindsay Davenport em 1994, Chanda Rubin em 1996 e Venus Williams em 1998, além de Serena e Keys.

Neste domingo, Madison Keys disputará a sua quarta final de WTA, sendo a segunda no ano. Curiosamente, seu único título foi também conquistado na grama, há dois anos, em Eastbourne, na Inglaterra. Ela enfrentará a checa Barbora Stryocova, contra quem tem duas vitórias e uma derrota. Atual 30.ª do mundo, Strycova virou contra a embalada norte-americana CoCo Vandeweghe, que vinha de título na Holanda, por 2/6, 6/4 e 6/3.

ESPANHA - No WTA de Mallorca, também disputado em quadras de grama, a letã Anastasija Sevastova está de volta à uma final depois de seis anos. Com apenas um título na carreira, a jogadora de 26 anos está na decisão após a vitória sobre a sérvia Jelena Jankovic, ex-número 1 do mundo, por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/1 e 6/2.

A adversária de Sevastova na decisão é a francesa Caroline Garcia, que no mês passado venceu um título de WTA no saibro de Estrasburgo, na França, e logo depois foi campeã de duplas em Roland Garros ao lado da também francesa Kristina Mladenovic. A vaga de Garcia veio com vitória por 6/4, 4/6 e 6/1 contra a belga Kirsten Flipkens.

ANDRÉ SÁ - O brasileiro André Sá teve a sua semifinal de duplas no Torneio de Queen's, um ATP 500 em Londres realizado na grama, interrompida por falta de luz natural. Jogando ao lado do australiano Chris Guccione, o tenista mineiro empatava o primeiro set por 3/3 contra a dupla francesa formada por Julien Benneteau e Edouard Roger Vasselin. O jogo recomeça às 7h30 (de Brasília) deste domingo.

Caso complete a vitória, o mineiro retorna à quadra por volta do meio-dia para enfrentar mais dois franceses, Nicolas Mahut e Pierre Hugues Herbert, que neste sábado venceram o israelense Jonathan Erlich e o britânico Colin Fleming por 6/7 (2/7), 7/6 (7/3) e 10 a 3 no match tie-break.