22°
Máx
16°
Min

Manchester United vence o Norwich e segue na briga pela Liga dos Campeões

O Manchester United enfrentou neste sábado um adversário desesperado na luta contra o rebaixamento. Diante do Norwich, fora de casa, os comandados de Louis van Gaal sofreram bastante, mas contaram com o gol solitário de Mata no segundo tempo para vencer por 1 a 0 pelo Campeonato Inglês e mantiveram o sonho de ir à Liga dos Campeões da próxima temporada.

Com duas partidas para o fim da competição, o Manchester tem 63 pontos na quinta colocação, somente um atrás de seu rival City, que hoje estaria na fase preliminar da Liga dos Campeões. Na terça-feira, contra o West Ham, e no dia 15, contra o Bournemouth, o United precisa da vitória para seguir sonhando com o torneio.

Já o Norwich está muito próximo de voltar à segunda divisão na próxima temporada. Penúltimo colocado, tem 31 pontos, dois atrás do Newcastle, o primeiro time fora da zona de rebaixamento, e um atrás do Sunderland, que abre a zona da degola e tem uma partida a menos.

Até por estas circunstâncias, as duas equipes entraram em campo neste sábado precisando da vitória. Esta ânsia pelo resultado atrapalhou o desempenho de ambas e o que se viu foi um primeiro tempo morno. O Norwich até ameaçou uma pressão no início, mas não conseguiu finalizar com qualidade.

Na etapa final, o Manchester melhorou e chegou com perigo com Ander Herrera logo com dois minutos. Aos 19, foi a vez do argentino Rojo aproveitar cruzamento e cabecear rente à trave, dando mais um susto na torcida local.

Mas foi aos 26 que saiu o gol da vitória. Rooney recebeu lançamento e aproveitou o erro do zagueiro Bassong. Então, invadiu a área pela direita, cortou seu marcador e, ao ver o caminho bloqueado pela defesa adversária, girou o corpo para encontrar Mata sozinho. O espanhol recebeu bola açucarada e tocou para a rede.

O gol desestabilizou completamente o Norwich, que se jogou ao ataque desesperadamente e abriu espaços na defesa. Aos 39 minutos, Schneiderlin recebeu sozinho dentro da área e jogou para fora. Aos 47, Memphis Depay bateu falta colocada e jogou rente à trave. O apito final trouxe o desespero à torcida local, sabedora da situação complicada da equipe.