26°
Máx
19°
Min

Melo e Dodig vencem de virada na estreia e avançam nas duplas em Madri

O brasileiro Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig suaram, mas confirmaram o favoritismo na estreia do Masters 1000 de Madri, nesta quarta-feira. Cabeças de chave número 4, eles derrotaram o sul-africano Raven Klaasen e o norte-americano Rajeev Ram por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 6/3 e 10/8.

O resultado manteve viva a esperança de Marcelo Melo de voltar a ser o número 1 do mundo entre os duplistas em Madri. Se vencer o Masters 1000, o brasileiro assumirá o topo independentemente do resultado do britânico Jamie Murray, parceiro de Bruno Soares e atual líder do ranking.

Apesar do favoritismo, Melo e Dodig não começaram bem nesta quarta-feira. Com uma quebra para cada lado, o primeiro set se desenrolou em igualdade até o 11.º game, no qual Klaasen e Ram conseguiram a quebra e depois sacaram para largar em vantagem.

Mas daí em diante, Melo e Dodig cresceram e não cederam sequer mais um break point para os adversários. Na hora do desempate, novamente o equilíbrio imperou, mas falou mais alto a experiência do brasileiro e do croata, que conseguiram a vantagem necessária para fechar.

Agora, Melo e Dodig esperam para conhecer seus adversários nas quartas de final. Eles terão pela frente quem passar do duelo do canadense Vasek Pospisil e do norte-americano Jack Sock contra o filipino Treat Huey e o bielo-russo Max Mirnyi.

SIMPLES - Na chave de simples, o cabeça de chave número 9 em Madri, o espanhol David Ferrer, confirmou o favoritismo e derrotou o norte-americano Denis Kudla por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 4/6 e 6/4. Nas oitavas de final, ele será o adversário de outro cabeça de chave, o checo Tomas Berdych, oitavo favorito, que também venceu nesta quarta.