23°
Máx
12°
Min

Murray arrasa azarão inglês na estreia e vai à segunda rodada em Wimbledon

(Fotos: Philip Hall/ Usopen.org) - Murray arrasa e vai à segunda rodada em Wimbledon
(Fotos: Philip Hall/ Usopen.org)

Vencedor de Wimbledon em 2013, Andy Murray iniciou de forma tranquila esta campanha na qual almeja o bicampeonato do Grand Slam inglês, nesta terça-feira, em Londres. Vice-líder do ranking mundial, o tenista escocês superou o azarão inglês Liam Broady, atual 235º colocado da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/3 e 6/4, em 1h42min de confronto.

Segundo cabeça de chave da tradicional competição, Murray assim se credenciou para enfrentar na segunda rodada o taiwanês Yen-Hsun Lu, 76º do mundo, que em outro duelo já encerrado no dia derrotou o russo Alexander Kudryavtsev por 6/4, 6/1 e 6/4.

Será o quinto jogo de Murray com o rival da Tailândia, que perdeu três dos quatro duelos com o britânico. No primeiro deles, o asiático conquistou um dos maiores feitos da sua carreira ao eliminar o adversário em sets diretos na chave masculina do tênis dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Depois disso, porém, Murray superou o taiwanês no Masters 1000 de Indian de Wells de 2013 e também na sua vitoriosa campanha daquele ano em Wimbledon, antes de também levar a melhor no Torneio de Queen's de 2015, outro evento em Londres. Embora seja também considerado um azarão neste novo embate entre os dois, Yen-Hsun Lu foi quadrifinalista de Wimbledon em 2010 e gosta de jogar em pisos rápidos.

Absoluto no duelo desta terça, o britânico confirmou todos os seus saques diante de Broady e ainda converteu quatro de oito break points para conquistar a sua vitória em sets diretos. Ele ainda contabilizou oito aces e acumulou 31 bolas vencedoras para avançar sem sustos na capital inglesa.

CHUVA - O jogo de Murray acabou pouco antes de a chuva interromper a continuidade dos confrontos programados para esta terça em Londres. Um dos encerrados minutos antes desta paralisação, por sinal, marcou a conclusão da una longa batalha de 4 horas e 15 minutos na qual o luxemburguês Gilles Muller superou o colombiano Santiago Giraldo por 3 sets a 2, de virada, com parciais de 4/6, 6/7 (3/7), 7/6 (7/5), 6/3 e 15/13.

Este duelo havia sido interrompido na última segunda-feira, por falta de luz natural, quando estava empatado em 11/11 no quinto set. Em Wimbledon, duelos definidos na quinta parcial não contam com tie-break e um tenista só triunfa após ganhar por dois games de diferença, fato que possibilitou este 15/13 definido apenas nesta terça.

Em outra partida encerrada pouco antes da chuva começar em Londres, o casaque Mikhail Kukushkin também estreou com vitória ao bater o eslovaco Martin Klizan por 3 sets a 0, com 7/6 (9/7), 7/6 (7/5) e 6/4. Assim, ele avançou para encarar na segunda rodada o espanhol Roberto Bautista Agut, 14º cabeça de chave, que horas mais cedo derrotou o australiano Jordan Thompson por triplo 6/3.