21°
Máx
17°
Min

Murray leva susto, mas vence azarão francês na estreia em Montecarlo

Vice-líder do ranking mundial, Andy Murray precisou jogar 2h06min para confirmar o seu favoritismo em sua estreia no Masters 1000 de Montecarlo, nesta terça-feira, em confronto válido já pela segunda rodada da competição realizada em quadras de saibro. Segundo cabeça de chave, o tenista britânico levou um susto ao perder o segundo set para o francês Pierre-Hugues Herbert, mas acabou triunfando com parciais de 6/2, 4/6 e 6/3.

Com a vitória por 2 sets a 1, Murray avançou às oitavas de final e agora espera pela definição do seu próximo adversário, que sairá do confronto entre o português João Sousa e o francês Benoit Paire. O primeiro deles se garantiu na segunda rodada nesta terça ao estrear derrotando o croata Ivo Karlovic com parciais de 6/3 e 7/6 (7/4). Já Paire abriu campanha na última segunda-feira batendo o espanhol Iñigo Cervantes por 2 sets a 1.

Murray fez nesta terça a sua primeira partida desde quando foi surpreendido pelo búlgaro Grigor Dimitrov na terceira rodada do Masters 1000 de Miami, no final do mês passado. E novamente o escocês encarou dificuldades diante de um adversário que saiu do qualifying em Montecarlo e ocupa hoje a 95ª posição do ranking mundial.

O tenista número 2 do mundo chegou a ter o seu saque quebrado por uma vez no primeiro set, mas fechou a parcial com tranquilidade em 6/2 ao converter três de seis break points. No segundo set, porém, o britânico exibiu instabilidade e acabou surpreendido. Embora tenha aproveitado duas de três chances de ganhar games no serviço do francês, ele viu seu rival ser feliz em três de seis oportunidades de quebra para fazer 6/4 e empatar o jogo.

O set decisivo, por sua vez, também foi equilibrado como o segundo e Murray só conseguiu abrir vantagem ao aproveitar a única oportunidade de quebra cedida por Herbert em toda parcial, para depois fechar o confronto em 6/3.

Em um outro duelo já encerrado nesta terça-feira em Montecarlo, o francês Gilles Simon superou justamente o algoz de Murray em Miami para se garantir nas oitavas de final. Ele justificou a sua condição de 15º cabeça de chave ao bater Dimitrov por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3.

Assim, Simon agora também aguarda a definição do seu próximo rival, que sairá do duelo entre o alemão Philipp Kohlschreiber e o suíço Stan Wawrinka, quarto cabeça de chave. O primeiro deles estreou nesta terça na competição derrotando o croata Borna Coric por duplo 6/4 para se tornar o adversário de estreia de Wawrinka.

DJOKOVIC CONHECE RIVAL - Líder do ranking mundial e dominante em mais uma temporada, Novak Djokovic conheceu nesta terça-feira qual será o seu primeiro oponente em Montecarlo. Trata-se do Jiri Vesely, 55º colocado da ATP, que na estreia superou o russo Teymuraz Gabashvili por 2 sets a 1, de virada, com 3/6, 7/5 e 7/5.

Outro tenista de destaque que soube nesta terça-feira qual será o seu primeiro rival em Montecarlo foi Tomas Berdych. Sexto cabeça de chave, o checo terá pela frente o bósnio Damir Dzumhur, que na estreia arrasou o holandês Robin Haase com parciais de 6/2 e 6/0.

Possível rival de Berdych na terceira rodada, o uruguaio Pablo Cuevas se garantiu na segunda fase em Montecarlo ao passar pelo espanhol Daniel Gimeno-Traver em um jogo com três tie-breaks, encerrado com parciais de 7/6 (7/2), 6/7 (2/7) e 7/6 (7/4). Assim, o tenista sul-americano se credenciou para encarar agora o canadense Milos Raonic, décimo cabeça de chave, que na última segunda-feira estreou derrotando o italiano Marco Cecchinato por 2 sets a 0.