24°
Máx
17°
Min

Murray passa sufoco, mas vence Nishikori e põe britânicos nas quartas da Davis

(Foto: Divulgação)  - Murray passa sufoco, mas vence Nishikori e põe britânicos nas quartas da Davis
(Foto: Divulgação)

Atual campeã, a Grã-Bretanha eliminou o Japão no Grupo Mundial da Copa Davis com uma vitória por 3 a 1 na série melhor de cinco jogos do confrontos entre as nações, em Birmingham. Neste domingo, Andy Murray, tenista número 2 do ranking mundial, precisou de quase cinco horas de partida (4h54) para derrotar Kei Nishikori (6º da ATP), por 7/5, 7/6 (8/6), 3/6, 4/6 e 6/2, e sacramentar a classificação às quartas de final da tradicional competição.

Murray venceu os dois primeiros sets com muita dificuldade. No primeiro, a quebra aconteceu no 12º game. No seguinte, o britânico teve que salvar um set point no tie-break até fechar em 8/6. No terceiro, o japonês foi superior com uma quebra no oitavo game e ganhou moral para a sequência da partida.

Nishikori chegou a quebrar duas vezes o saque de Murray no quarto set e abriu 5 a 2. O britânico esboçou uma reação, conseguiu uma quebra, mas a partida foi para o quinto set. Nishikori surpreendeu logo no início com uma quebra, mas o britânico impôs seu jogo nos três games seguintes, virou a partida e garantiu a vaga para a próxima fase.

SÉRVIA VIRA SOBRE O CASAQUISTÃO - Agora, os britânicos jogarão fora de casa contra a Sérvia, que eliminou o Casaquistão por 3 a 2. As partidas acontecem entre os dias 15 e 17 de julho. A classificação sérvia veio com uma virada neste domingo. Depois de terminar o sábado em desvantagem de 2 a 1, Djokovic sofreu para deixar tudo igual neste domingo em duelo também de quase cinco horas contra o casaque Mikhail Kukushkin - vitória por 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (6/8), 7/6 (7/3), 4/6, 6/3 e 6/2.

No quinto e decisivo confronto, Viktor Troicki completou a virada ao derrotar Aleksandr Nedovyesov com facilidade por 6/2, 6/3 e 6/4. O anfitrião quebrou duas vezes o serviço adversário no primeiro e no segundo set. No terceiro set, Troicki precisou salvar dois break points no último game antes de conquistar a classificação às quartas de final.

CROÁCIA ELIMINA BÉLGICA - Em duelo realizado no saibro de Liege, os belgas iniciaram o domingo com esperanças de virar o confronto. David Goffin derrotou Marin Cilic por 6/4, 6/4, 3/6 e 7/5 e deixou o duelo empatado em 2 a 2. No quinto jogo da série, Borna Coric bateu Kimmer Coppejans por 7/6 (7/5), 6/2 e 6/2 e confirmou os croatas nas quartas de final. Agora, eles terão pela frente os Estados Unidos, fora de casa.

FRANÇA x CANADÁ - Em confronto definido já desde sábado, França e Canadá jogaram apenas para cumprir tabela neste domingo em solo francês. E, mesmo com a vantagem de 3 a 0 no placar, Richard Gasquet superou Philip Bester por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 7/6 (7/4). Em seguida, Frank Dancevic desistiu do jogo que travava com Jo-Wilfried Tsonga após ter perdido o primeiro set por 7/6 (9/7). Assim, a França fechou o confronto em 5 a 0.

ITÁLIA X SUÍÇA - Na mesma situação da França, pois no sábado também liquidou em 3 a 0 o confronto com a Suíça, a Itália foi outro país que cumpriu tabela com vitórias neste domingo. Paolo Lorenzi derrotou Antoine Bellier por 6/3 e 6/2, enquanto Marco Cecchinato superou Adrien Bossel por 6/3 e 7/5. Roger Federer e Stan Wawrinka, principais nomes da Suíça, não foram convocados para este embate entre as nações, sendo que o primeiro deles nem poderia ser chamado por ainda estar se recuperando de uma cirurgia no joelho.