22°
Máx
16°
Min

Murray volta a derrotar Raonic e vai à final em Cincinnati

Mais um duelo entre Andy Murray e Milos Raonic em 2016. Mais uma vitória do britânico que, desta vez, garantiu lugar na final do Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos. O número dois do mundo venceu o canadense, atual 6º colocado do ranking, por 2 sets a 0, com duplo 6/3, em 1h30min de confronto.

Foi o quinto duelo entre os dois tenistas neste ano, todos com vitória de Murray, incluindo as finais de Wimbledon e Queen's. No retrospecto geral, o britânico soma sete vitórias, contra três do canadense. Raonic não leva a melhor sobre o rival desde o ano de 2014.

O novo triunfo garantiu Murray em sua sétima final seguida, algo inédito em sua carreira. Das seis decisões já disputadas, ele venceu quatro, incluindo Wimbledon e o torneio olímpico no Rio de Janeiro. No domingo, em Cincinnati, ele vai enfrentar o vencedor do duelo entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o croata Marin Cilic, que ainda se enfrentam neste sábado.

Com este embalo, Murray não teve maiores dificuldades para faturar sua 22ª vitória consecutiva na temporada. Sem reclamar de dores no ombro direito e nas costas, o tenista escocês dominou o set inicial com seu bom saque, ameaçado duas vezes, sem sucesso. Já Murray conseguiu faturar duas quebras de saque sobre Raonic na parcial.

No segundo set, o desempenho do britânico foi ainda melhor. Defendeu-se bem no saque e aproveitou a única oportunidade que teve para quebrar novamente o serviço do canadense. Murray só encontrou dificuldades na hora de fechar o jogo. Ele desperdiçou dois match points em sequência e precisou de um terceiro para sacramentar a vitória.

No domingo, Murray vai em busca do 40º título da carreira, sendo o quinto na temporada e o quarto em sequência - na semana passada, se sagrou bicampeão olímpico no Rio de Janeiro.

DUPLAS - Após garantir vaga na final em duplas, Marcelo Melo e o croata Ivan Dodig conheceram nesta noite seus rivais na disputa pelo título. Serão o romeno Horia Tecau e o holandês Jean Rojer, que surpreenderam ao eliminar os locais Bob e Mike Bryan por 6/3 e 7/6 (7/5).

Será o primeiro embate entre Melo e Tecau desde que o romeno, e seu parceiro Florin Mergea, eliminaram Melo e Bruno Soares nas quartas de final das duplas masculinas na Olimpíada do Rio de Janeiro.