28°
Máx
17°
Min

Nadal acusa cansaço e perde em Cincinnati; Nishikori e Wawrinka também caem

A "zebra" está solta no Masters 1000 de Cincinnati. Nada menos que quatro dos principais favoritos ao título foram eliminados da competição norte-americana nesta quinta-feira. A maior baixa foi protagonizada pelo espanhol Rafael Nadal, abatido pela maratona de jogos na Olimpíada do Rio de Janeiro. O japonês Kei Nishikori, outro medalhista no Rio, também caiu.

Nadal não resistiu ao croata Borna Coric, um dos representantes da nova e promissora geração do circuito, e foi eliminado em sets diretos. O croata chegou a aplicar um 6/1 no set inicial, antes de fechar o jogo por 6/3, após 1h12min de duelo. Nas quartas, Coric vai enfrentar o vencedor do duelo entre o checo Tomas Berdych e o seu compatriota Marin Cilic.

Desgastado fisicamente, Nadal não escondeu o cansaço neste seu segundo jogo em Cincinnati. Ele vinha de uma maratona de jogos na Olimpíada, disputando partidas nas chaves de simples e duplas masculinas - chegou a se inscrever nas duplas mistas, mas desistiu antes da estreia.

Assim, o espanhol estreou em Cincinnati apenas quatro dias após faturar a medalha de ouro na duplas, ao lado do compatriota Marc López, no sábado, no Rio de Janeiro. Afora o cansaço natural pela viagem até os EUA, a sequência de jogos pesou no físico porque Nadal estava fora de ritmo. Sua última partida havia sido em Roland Garros, no fim de maio. Desde então, vinha tratando uma lesão no punho esquerdo. Recuperado, jogou em alto nível no Rio-2016.

A "conta", no entanto, chegou nesta quinta. Nadal cometeu cinco duplas faltas, teve fraco aproveitamento no serviço e sofreu três quebras de saque. Coric, que não competiu no Rio, aproveitou o momento favorável e não desperdiçou a oportunidade de vencer o experiente rival, dono de 14 títulos de Grand Slam.

O roteiro foi semelhante para Kei Nishikori. Medalhista de bronze na chave de simples, justamente ao vencer Nadal, ele perdeu para outro jovem tenista do circuito. O quinto cabeça de chave, que jogou apenas em simples no Rio-216, foi derrotado pelo australiano Bernard Tomic por 7/6 (7/1) e 7/6 (7/5). Tomic poderá cruzar com o britânico Andy Murray, caso o bicampeão olímpica vença o sul-africano Kevin Anderson ainda nesta quinta.

O festival de "zebras" teve sequência com o suíço Stan Wawrinka e o francês Jo-Wilfried Tsonga. O primeiro, que não competiu no Rio, foi eliminado pelo búlgaro Grigor Dimitrov por duplo 6/4. Já Tsonga, que caiu cedo na Olimpíada, foi surpreendido pelo local Steve Johnson por 6/3 e 7/6 (8/6). Os algozes dos cabeças de chave vão se enfrentar nas quartas de final.