21°
Máx
17°
Min

Nadal passa fácil pelo alemão Kohlschreiber na estreia do Masters 1000 de Roma

Depois de cair nas semifinais em Madri na última semana, o espanhol Rafael Nadal começou sua trajetória no Masters 1000 de Roma disposto a retomar a condição de "rei do saibro". Sem maiores dificuldades, atropelou o alemão Philipp Kohlschreiber nesta quarta-feira, na estreia da competição, ao fazer 2 sets a 0, com duplo 6/3.

Cabeça de chave número 5, Nadal precisou de somente 1h23min para derrotar o 26.º colocado no ranking. Foi a primeira partida do espanhol depois de ter sido surpreendido pelo britânico Andy Murray na semifinal em Madri, após 13 vitórias consecutivas no saibro europeu.

Nadal até enfrentou dificuldade no início do confronto desta quarta e só conseguiu a primeira quebra no oitavo game, mas foi o suficiente para que ele fechasse o set e largasse em vantagem. Na segunda parcial, o espanhol quebrou o saque de Kohlschreiber no quinto game, viu o adversário devolver na sequência, mas voltou a aproveitar um break point no oitavo game, antes de sacar para vencer.

Agora, Nadal terá pela frente o australiano Nick Kyrgios, número 20 do mundo, que surpreendeu nesta quarta o décimo cabeça de chave do torneio, o canadense Milos Raonic, ao vencer por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/5) e 6/3. Nadal e Kyrgios se enfrentaram somente uma vez no circuito até hoje, e quem levou a melhor foi o australiano, em Wimbledon, há dois anos.

Outro espanhol que venceu nesta quarta-feira foi David Ferrer. Cabeça de chave número 9, ele não teve qualquer dificuldade para atropelar seu compatriota Guillermo Garcia-López por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3. Nas oitavas de final, terá pela frente o francês Lucas Pouille.

O francês Richard Gasquet, cabeça de chave número 11, também confirmou o favoritismo e passou pelo italiano Andreas Seppi em dois sets: 6/3 e 6/4. Agora, duelará com o japonês Kei Nishikori, sexto cabeça de chave.

Na outra partida disputada nesta quarta, o francês Jeremy Chardy se classificou às oitavas ao derrotar o espanhol Roberto Bautista Agut por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 6/4. Na próxima rodada, ele terá a difícil tarefa de encarar o britânico Andy Murray, cabeça de chave número 2.