26°
Máx
19°
Min

Nadal supera português em três sets e reencontra Murray nas semifinais em Madri

(Foto: Luiz Pires/ Fotojump/ Rio Open 2016) - Nadal supera português em três sets e reencontra Murray nas semifinais em Madri
(Foto: Luiz Pires/ Fotojump/ Rio Open 2016)

O espanhol Rafael Nadal levou um susto nesta sexta-feira após um início avassalador de jogo, mas ainda conseguiu se classificar às semifinais do Masters 1000 de Madri. Atuando em casa, o número 5 do mundo superou o português João Sousa, 35º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 6/0, 4/6 e 6/3, em 2 horas e 5 minutos.

O confronto desta sexta foi o segundo de Nadal diante de João Sousa e novamente foi vencido pelo espanhol, mas o confronto anterior foi bem mais fácil para o espanhol, pois ele só perdeu um game nas quartas de final do Rio Open de 2014.

Agora, nas semifinais, Nadal reeditará a final da edição de 2015 do Masters 1000 de Madri com o britânico Andy Murray, que saiu vencedor, impedindo um tricampeonato consecutivo do espanhol.

Além dos títulos de 2013 e 2014, Nadal também foi campeão em Madri outras duas vezes, em 2005 e 2010. Agora ele tentará obter a 18ª vitória no 24º duelo com o britânico para seguir vivo na busca por mais uma título do torneio espanhol.

Nesta sexta-feira, nada no primeiro set indicava que Nadal teria problemas para avançar em Madri. Afinal, o espanhol aplicou um "pneu" em João Sousa em apenas 25 minutos, abrindo vantagem na partida. A situação, porem, se alterou completamente na segunda parcial, que chegou a ser interrompido em razão da chuva.

Afinal, o português adotou postura agressiva e equilibrou o duelo. Sousa salvou os três break points que Nadal teve e converteu um, no nono game. Na sequência, confirmou o seu saque e aplicou 6/4 para empatar a partida, forçando a realização do tie-break.

No terceiro set, o português não conseguiu ameaçar o saque de Nadal e foi confirmando o seu até o oitavo game, quando o espanhol conseguiu a quebra de serviço decisiva. Depois só precisou manter o seu saque para fechar o jogo e avançar em Madri.

Quem também se garantiu nas semifinais na Espanha foi o japonês Kei Nishikori. O número 6 do mundo avançou com uma vitória de virada sobre o australiano Nick Kyrgios, 21º colocado no ranking, com parciais de 6/7 (6/8), 7/6 (7/1) e 6/3, em 2 horas e 38 minutos.

Nishikori sofreu com os 18 aces de Kyrgios, mas ainda assim conseguiu triunfar conseguindo a única quebra de saque do jogo no terceiro set. Seu rival nas semifinais vai sair do confronto entre o sérvio Novak Djokovic e o canadense Milos Raonic.