22°
Máx
16°
Min

Paula Gonçalves fura quali e joga Rio Open; Bellucci estreia nesta segunda

Neste domingo, a paulista Paula Gonçalves foi a única brasileira a passar pelo qualifying e garantir uma vaga para jogar o Rio Open de tênis, ao vencer a francesa Alizé Lim por 2 sets a 0, com um duplo 6/3. A adversária da estreia será a israelense Julia Glushko, 127.ª colocada do ranking mundial.

Será a terceira vez que Paula, número 286 do ranking, disputará a chave principal do torneio, mas nas outras duas chances ela apareceu a convite da organização. "A conquista dessa vaga é muito importante, porque entrei por mérito. Recebi convite para o quali, mas vim para cá, venci os dois jogos e consegui. Nas duas partidas entrei tranquila, mesmo enfrentando adversárias duras. Estou bem feliz", comentou.

Paula mostra confiança para a partida de abertura contra, pois já venceu dois dos três jogos disputados com a francesa, sendo os últimos dois em 2015. "Foi engraçado quando soube que iria enfrentá-la na estreia, porque tinha olhado a chave e pensei que seria uma boa adversária para a primeira rodada", analisou.

Com Paula, são sete os brasileiros nos torneios de simples do Rio Open: Paula, Teliana Pereira, Gabriela Cé, Beatriz Haddad Maia, Thomaz Bellucci, João Souza e Thiago Monteiro. O País ainda poderia colocar outro jogador na chave masculina, mas Rogério Dutra Silva perdeu do português Gastão Elias por 2 sets a 1, com parciais de 1/6, 7/5 e 6/2, na rodada final do quali neste domingo, e não avançou.

Bellucci estreia na segunda

 Thomaz Bellucci tem uma dura missão nesta segunda-feira, pois faz sua estreia na competição contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov, vice-campeão na edição de 2014.

O retrospecto não é favorável ao número 1 do Brasil e atual 30.º do mundo, pois são duas vitórias em dois confrontos com o ucraniano, vice-campeão do Rio Open 2014. Uma delas aconteceu em 2016, em Sydney, mas Bellucci busca motivação no vice-campeonato conquistado no ATP de Quito.

Outra partida bastante esperada é a do norte-americano John Isner, número 12 do ranking mundial e cabeça de chave 4 do torneio. O tenista enfrentará o argentino Guido Pella, 71.º, por volta das 17 horas, na quadra central.

O Rio Open vale como ATP 500 e WTA Internacional. A premiação da chave masculina é de US$ 1,3 milhão, e a feminina de US$ 250 mil. O torneio é disputado no saibro, no complexo montado no Jockey, com nove quadras, sendo a central com capacidade para 6.200 pessoas.