22°
Máx
16°
Min

Ranking da ATP fica sem Nadal e Federer no Top 5 pela 1ª vez desde 2003

- Ranking da ATP fica sem Nadal e Federer no Top 5 pela 1ª vez

Dominantes no tênis mundial nos últimos anos, o suíço Roger Federer e o espanhol Rafael Nadal protagonizaram um fato que não ocorria desde 2003 no ranking da ATP ao não figurarem entre os cinco melhores do mundo da lista na atualização desta segunda-feira.

Ambos perderam posições após a disputa do Masters 1000 de Xangai. Nadal perdeu na sua estreia no evento chinês, na segunda rodada, e caiu da quinta para a sexta posição. Já Federer, que está afastado das quadras por causa de uma lesão, perdeu um posto e agora é o número 8 do mundo.

Após ser semifinalista em Xangai, Novak Djokovic permanece na liderança do ranking, mas viu a sua vantagem diminuir consideravelmente para Andy Murray, que levou o título na China. O sérvio agora soma 12.900 pontos, com 2.415 de vantagem para o britânico, que chegou aos 10.485 após ser campeão em Xangai.

O suíço Stan Wawrinka, que caiu nas oitavas de final na China, continua em terceiro lugar, mas o novo número 4 do mundo é o canadense Milos Raonic, que parou nessa mesma fase. E o Top 5 é completado pelo japonês Kei Nishikori, que não jogou em Xangai por estar se recuperando de uma lesão.

Entre Nadal e Federer está o francês Gael Monfils, o sétimo colocado, que também parou nas oitavas de final do Masters 1000 chinês. O checo Tomas Berdych, eliminado na segunda rodada em Xangai, e o austríaco Dominic Thiem, que não disputou o torneio, completam o Top 10 do ranking da ATP.

Quem se aproximou desse seleto grupo foi Roberto Bautista Agut. O espanhol foi finalista do Masters 1000 de Xangai, tendo eliminado Djokovic nas semifinais, e ascendeu seis posições, se tornando o número 13 do mundo, a 745 pontos do décimo colocado Thiem.

Thomaz Bellucci, que não jogou em Xangai por ter sido eliminado na segunda rodada do qualifying, ganhou três posições e se tornou o número 62 do mundo. O outro tenista brasileiro no Top 100 é Thiago Monteiro, que continua em 88º lugar após cair nas quartas de final do Challenger de Buenos Aires na última semana.

DUPLISTAS - Mesmo tendo sido eliminado nas quartas de final do Masters 1000 de Xangai, o brasileiro Bruno Soares ascendeu para o segundo lugar no ranking de duplistas, com 7.660 pontos, atrás apenas do francês Nicolas Mahut, que soma 7.820.

Outro brasileiro no Top 10, Marcelo Melo caiu da quinta para a sétima posição depois de ser eliminado no seu jogo de estreia no evento chinês.

Confira a classificação atualizada do ranking da ATP:

1º - Novak Djokovic (SER), 12.900 pontos

2º - Andy Murray (GBR), 10.485

3º - Stan Wawrinka (SUI), 5.820

4º - Milos Raonic (CAN), 4.690

5º - Kei Nishikori (JAP), 4.650

6º - Rafael Nadal (ESP), 4.380

7º - Gael Monfils (FRA), 3.815

8º - Roger Federer (SUI), 3.720

9º - Tomas Berdych (RCH), 3.300

10º - Dominic Thiem (AUT), 3.250

11º - Marin Cilic (CRO), 2.895

12º - David Goffin (BEL), 2.780

13º - Roberto Bautista Agut (ESP), 2.505

14º - Nick Kyrgios (AUS), 2.460

15º - David Ferrer (ESP), 2.455

16º - Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.205

17º - Lucas Pouille (FRA), 2.106

18º - Grigor Dimitrov (BUL), 2.035

19º - Richard Gasquet (FRA), 1.950

20º - Alexander Zverev (ALE), 1.745

62º - Thomaz Bellucci (BRA), 771

88º - Thiago Monteiro (BRA), 664

107º - Rogério Dutra Silva (BRA), 584

121º - João Souza (BRA), 509