23°
Máx
12°
Min

Serena perde de Pliskova na semifinal e deixa topo do ranking

Como aconteceu no ano passado, Serena Williams caiu na semifinal do US Open. E, repetindo o roteiro de 2015, foi derrotada por uma rival inesperada e ainda perdeu a chance de bater recorde em Nova York. A tenista da casa foi surpreendida nesta quinta-feira pela checa Karolina Pliskova, que vive sua melhor fase no circuito, por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 7/6 (7/5), em 1h25min de partida.

A derrota custou caro à tenista da casa. Ao ser eliminada novamente na semifinal, Serena deixou a liderança do ranking da WTA, que passará a ser ocupada por Angelique Kerber a partir da próxima segunda-feira. A alemã garante a ponta pela primeira vez na carreira antes mesmo de entrar em quadra, nesta quinta, para enfrentar a dinamarquesa Caroline Wozniacki, na outra semifinal do Grand Slam norte-americano.

Com a queda no ranking, Serena perde a chance de bater o recorde de semanas seguidas à frente da lista. Agora permanecerá igualada à alemã Steffi Graf, ambas com 186 semanas consecutivas na posição de número 1 do mundo. A norte-americana também perdeu a oportunidade de buscar o sétimo título do US Open, que seria recorde, e de faturar um Slam pela 23ª vez, o que também seria uma nova marca histórica, superando Steffi Graf, que tem 22.

Para Pliskova, o resultado também ficará marcado em sua carreira. Logo em sua primeira semifinal de Grand Slam, ela derrubou uma das melhores da história, jogando justamente em casa, na famosa Arthur Ashe Stadium. Além disso, ela se torna somente a oitava jogadora a vencer no mesmo torneio as irmãs Serena e Venus Williams.

Ao todo, a tenista de 24 anos emplacou sua 11ª vitória consecutiva na temporada. Vindo do título de Cincinnati, seu maior na carreira até agora, a checa, atual 11ª colocada do ranking, disputará uma final de Slam pela primeira vez na carreira.

Para chegar à sonhada primeira final de Slam, Pliskova desbancou Serena no fundamento que já era cotado como o maior duelo da partida: o saque. As duas vinham sendo as melhores sacadoras da competição até agora. No entanto, oscilarem demais nesta quinta. Tanto que a checa anotou sete aces, mas cometeu o mesmo número de duplas faltas. Serena foi ainda pior. Cravou cinco aces e registrou seis duplas faltas.

No aproveitamento, Pliskova acertou 84% dos pontos quando jogou com o primeiro serviço. Serena não passou de 66%. No primeiro set, estes números se traduziram em duas quebras de saque em favor da checa, enquanto Serena sequer ameaçou o serviço da rival.

Na segunda parcial, a tenista checa também saiu na frente, ao obter uma quebra. Mas a atleta da casa devolveu a quebra na sequência, se recuperou na partida e levou o duelo para o tie-break. Mas novamente Pliskova voltou a dominar e sacramentou o triunfo numa dupla falta da anfitriã, para decepção da torcida.