24°
Máx
17°
Min

Serena sofre, mas vence compatriota de virada na 2ª rodada em Wimbledon

Número 1 do mundo e atual campeã de Wimbledon, Serena Williams sofreu nesta sexta-feira, mostrou irregularidade e quase sucumbiu diante da também norte-americana Christina McHale. Mas, nos games finais do terceiro set, exibiu todo o seu arsenal e garantiu a vitória de virada, pelo placar de 6/7 (7/9), 6/2 e 6/4.

Na terceira rodada, Serena vai enfrentar a alemã Annika Beck, que avançou ao derrotar a bielo-russa Aliaksandra Sasnovich por 6/2 e 6/1. Por jogar normalmente na quadra central, que conta com teto retrátil, a líder do ranking não vem enfrentando maiores problemas de atraso e mudanças na programação em razão da chuva.

Nesta sexta, porém, a partida precisou ser paralisada por causa do mau tempo. Mas foi somente o intervalo suficiente para fechar o teto. A interrupção não reduziu o ritmo de McHale, dominante no primeiro set. Sem se intimidar com a rival, ela abriu a parcial na frente, com uma quebra, mas buscou a vitória parcial no tie-break.

Serena demorou para entrar no jogo, mas quando entrou fez valer o poder do seu saque. Foram 14 aces na partida. Ela também sobrou nas bolas vencedoras: 54 a 16, da rival. Mostrando paciência para recuperar o terreno na partida, a experiente tenista buscou o empate.

O terceiro set contou com uma quebra de saque para cada uma no início. E o equilíbrio se manteve até 4/4. Serena, então, faturou outra quebra e abriu a vantagem necessária para fechar o jogo após 2h29min.

Já pela terceira rodada, Venus Williams também sofreu para vencer seu jogo nesta sexta. Contra a russa Darya Kasatkina, 29ª cabeça de chave, a irmã de Serena venceu por 7/5, 4/6 e 10/08. A espanhola Carla Suárez Navarro será a rival de Venus nas oitavas de final. A tenista da Espanha avançou na chave ao bater a neozelandesa Marina Erakovic por duplo 6/2.

Ainda nesta sexta, em duelos válidos pela segunda rodada, a russa Anastasia Pavlyuchenkova superou a casaque Yulia Putintseva por 7/5 e 6/1, enquanto a checa Barbora Strycova eliminou a russa Evgeniya Rodina por 6/4 e 6/0.