22°
Máx
16°
Min

Soares e Melo jogarão juntos em Washington em preparação para a Olimpíada

Marcelo Melo e Bruno Soares são a principal esperança de medalha para o Brasil no tênis dos Jogos Olímpicos do Rio. Amigos desde a infância, eles têm sintonia fina, ainda que disputem o circuito mundial com outros parceiros. Mas, às vésperas do Rio-2016, é necessário ampliar o entrosamento. Por isso, eles vão voltar jogar juntos o Torneio de Washington, nos EUA, na semana de 18 a 24 de julho.

Desta forma, os amigos vão formar uma dupla por duas semanas seguidas. De 15 a 17 de julho, eles defendem o Brasil pela Copa Davis, contra o Equador. O duelo vai acontecer no Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG), onde os dois começaram.

"Eu e o Bruno vamos jogar juntos em Washington, torneio logo após a Copa Davis. Mais um visando a nossa preparação para as Olimpíadas", comentou Melo, pelo Twitter. "Feliz em poder jogar o ATP 500 de Washington ao lado do Marcelo visando nossa preparação para os Jogos Olímpicos", completou Bruno.

Antes do Rio-2016, o calendário internacional do tênis também tem o Masters 1000 de Toronto, no Canadá. Assim como o duelo da Davis, o Torneio de Washington e a Olimpíada, o Masters canadenses será jogado em piso rápido. Melo e Soares, porém, ainda não confirmaram se também estarão juntos lá.

Os dois formaram dupla até 2012, quando resolveram seguir caminhos separados, sem deixar de lado a amizade. Atualmente, Melo tem com companheiro fixo o croata Ivan Dodig, enquanto Bruno atua ao lado do britânico Jamie Murray.

Neste ano, os brasileiros já atuaram juntos no Rio Open e no Brasil Open, em fevereiro, mas não fizeram boas campanhas, sendo eliminados respectivamente na semifinal e nas quartas de final. Em 2015, foram semifinalistas no Masters 1000 de Miami e sofreram uma derrota e uma vitória pela Davis.