28°
Máx
17°
Min

Soares e Melo vencem em estreia no Rio Open; Ferrer vira e avança

(Foto: Divulgação/ Gustavo Serebrenick l Brazil Photo Press) - Soares e Melo vencem em estreia no Rio Open; Ferrer vira e avança
(Foto: Divulgação/ Gustavo Serebrenick l Brazil Photo Press)

Depois da interrupção causada pela chuva, Bruno Soares e Marcelo Melo puderam enfiar finalizar o primeiro jogo no Rio Open nesta quinta-feira. E a dupla brasileira não teve maiores problemas para vencer os compatriotas Fabiano De Paula e Orlando Luz, por 6/2 e 6/3.

Na quarta, o mau tempo paralisou o jogo quando Soares e Melo venciam por 2/0 no set inicial. Na retomada, Fabiano e Orlandinho chegaram a devolver a quebra de saque, mas não foram além disso. Retomando a parceria, os mineiros fecharam o jogo em apenas 53 minutos.

Soares e Melo não jogavam juntos desde setembro do ano passado, quando defenderam o Brasil no duelo com a Croácia, pela repescagem da Copa Davis. Mesmo integrando a dupla favorita, eles foram superados por Ivan Dodig, parceiro usual de Melo, e Franko Skugor.

Os dois tenistas mineiros, que vivem grande fase no circuito, estão voltando a jogar juntos em algumas competições, como vai acontecer também no Brasil Open, visando a preparação para os Jogos Olímpicos, em agosto.

Ainda nesta quinta outra dupla brasileira avançou na chave do Rio Open. Rogério Dutra Silva, que foi eliminado ainda no qualifying em simples, e João Souza, o Feijão, derrotaram o argentino Guillermo Duran e o austríaco Philipp Oswald por 6/2, 6/7 (3/7) e 10/8.

Na chave de duplas, o Brasil tem ainda Thomaz Bellucci jogando com Marcelo Demoliner. Eles ainda não estrearam. André Sá se despediu logo na rodada de abertura.

SIMPLES - Em busca do bicampeonato, o espanhol David Ferrer bateu o compatriota Albert Ramos-Viñolas, por 4/6, 6/1 e 6/4, e se garantiu nas quartas de final. Irregular nesta quinta, o atual campeão do Rio Open deverá ter mais trabalho contra o austríaco Dominic Thiem, dono do título do Torneio de Buenos Aires, na semana passada.

Em outro jogo já finalizado nesta quinta, o ucraniano Alexandr Dolgopolov sofreu para vencer de virada o espanhol Iñigo Cervantes, com direito a um "pneu": 3/6, 6/0 e 6/3. Algoz de Bellucci na rodada de abertura, Dolgopolov aguarda o vencedor do duelo espanhol entre Rafael Nadal e Nicolás Almagro.

Quem também terá um rival da Espanha pela frente será o argentino Guido Pella. Ele avançou na chave ao derrotar o colombiano Santiago Giraldo com facilidade, pelo placar de 6/4 e 6/0. Seu próximo adversário será Daniel Gimeno-Traver.