28°
Máx
17°
Min

Sob teto retrátil, Murray vence espanhol e vai à 3ª rodada do US Open

A chuva que atrapalhou a rodada do US Open nesta quinta-feira não impediu Andy Murray de avançar à terceira rodada do Grand Slam disputado em Nova York. Jogando sob o teto retrátil da Arthur Ashe Stadium, a quadra central da competição, o número dois do mundo evitou sustos e venceu o espanhol Marcel Granollers por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/1 e 6/4.

Vindo da sua melhor sequência de jogos da carreira, Murray só encontrou dificuldades no set inicial contra Granollers, atual 45º do ranking. Aproveitando certa instabilidade do favorito, o tenista da Espanha até faturou uma quebra de saque, em seis oportunidades cedidas pelo rival. Mas não foi além disso.

Neste mesmo set, Murray obteve duas quebras, o que repetiu na segunda parcial. Na terceira, quebrou o espanhol apenas uma vez. Porém, sequer teve seu serviço ameaçado, mostrando o forte crescimento ao longo da partida, que durou 2h22min. O britânico encerrou a partida com 34 bolas vencedoras, contra 23 do espanhol. O favorito também falhou menos: foram 28 erros não forçados, diante de 47 de Granollers.

Na terceira rodada, Murray vai ter pela frente o vencedor do duelo entre o francês Gilles Simon e o italiano Paolo Lorenzi. Bicampeão olímpico, o escocês vive a melhor fase de sua carreira, com sete finais consecutivas. Nesta sequência, se sagrou campeão em Wimbledon pela segunda vez na carreira e faturou a medalha de ouro no Rio de Janeiro.

Em outro confronto masculino já encerrado nesta quinta, Nicolas Mahut levou a melhor no duelo francês contra o experiente Paul-Henri Mathieu. Mahut venceu por 6/4, 6/4 e 6/2. Seu próximo adversário sairá do confronto entre o japonês Kei Nishikori e o russo Karen Khachanov.

Murray conseguiu finalizar a partida porque jogou sob o novo teto retrátil da quadra central do US Open. A rodada desta quinta foi atrapalhada pela chuva, que só não atrasou os jogos da Arthur Ashe. Todas as demais quadras sofreram atrasos na programação.