22°
Máx
17°
Min

Thiago Monteiro sofre com saque de holandês e cai nas quartas em Gstaad

O brasileiro Thiago Monteiro não conseguiu alcançar a sua primeira semifinal no circuito da ATP. Nesta sexta-feira, o número 110 do mundo acabou sendo eliminado nas quartas de final do Torneio de Gstaad, na Suíça, ao perder para o holandês Robin Haase, o 95º colocado no ranking, por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/2) e 7/5, em 1 hora e 15 minutos.

O evento em Gstaad foi a quarta competição que Monteiro disputou no circuito mundial, todos eles em 2016, sendo que sempre ele obteve ao menos uma vitória - foi às quartas de final do Brasil Open e agora na Suíça e parou nas oitavas de final do Rio Open e no Torneio de Hamburgo, na semana passada.

Em Gstaad, o brasileiro "furou" o qualifying, superou na estreia o suíço Antoine Bellier e depois bateu o francês Gilles Simon, em partida iniciada na quinta-feira, mas só concluída nesta sexta, em razão da chuva que forçou o adiamento da conclusão do confronto.

Horas depois de vencer Simon, então, Monteiro precisou voltar à quadra de saibro para encarar Haase. E o brasileiro sofreu com o saque do holandês, que venceu todos os 33 pontos que disputou quando colocou o primeiro serviço em quadra e 19 dos 22 quando o adversário precisou do segundo.

Assim, Monteiro não teve qualquer chance de ameaçar o serviço de Haase. E depois de perder o primeiro set no tie-break, caiu no segundo após permitir que o holandês convertesse o único break point que teve no duelo, na segunda parcial, triunfando por 7/5 e se garantindo nas semifinais do ATP 250 de Gstaad.

Quem também está nas semifinais é o espanhol Feliciano Lopez, primeiro cabeça de chave do torneio suíço e número 21 do mundo, que superou o sueco Elias Ymer (157º) por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 7/6 (7/2), em 1 hora e 46 minutos.

O próximo adversário de López vai ser o alemão Dustin Brown, número 99 do mundo e algoz do brasileiro Thomaz Bellucci, que nesta sexta bateu o russo Mikhail Youzhny (66º) por duplo 6/4.