21°
Máx
17°
Min

Thiem abandona jogo por lesão e Del Potro avança às quartas de final do US Open

Medalha de prata na Olimpíada do Rio-2016 e finalmente conseguindo emplacar boas sequências de partidas após temporadas atrapalhadas por graves lesões no punho, Juan Martín del Potro garantiu vaga nas quartas de final do US Open, nesta segunda-feira, de uma maneira mais tranquila do que imaginava. O tenista argentino contou com a desistência de Dominic Thiem no segundo set do confronto entre os dois, em Nova York, onde o austríaco acusou uma lesão na perna direita.

Oitavo cabeça de chave do Grand Slam norte-americano e atual décimo colocado do ranking mundial, Thiem sofreu um desconforto muscular no sexto game da segunda parcial, quando perdia por 3 a 2. Antes disso, Del Potro havia vencido o primeiro set por 6/3.

Campeão do US Open em 2009, quando surpreendeu o favorito Roger Federer na final, o argentino assim se credenciou para enfrentar na próxima fase o vencedor da partida entre o suíço Stan Wawrinka, terceiro cabeça de chave, e o ucraniano Illya Marchenko, também programada para esta segunda-feira.

Apenas na 142ª posição do ranking mundial atualmente, fruto dos longos períodos de afastamento que amargou no circuito profissional, Del Potro vem justificando a sua condição de ex-Top 10 desde a Olimpíada do Rio, na qual eliminou ninguém menos do que o sérvio Novak Djokovic, líder do ranking mundial, na estreia e só foi ser derrotado pelo britânico Andy Murray na final que valia a medalha de ouro.

Antes de contar com a desistência de Thiem para avançar às quartas de final, Del Potro despachou os norte-americanos Steve Johnson e David Ferrer, respectivos 19º e 11º cabeças de chave, nas fases anteriores do US Open. E, nesta segunda-feira, vinha encaminhando a sua vitória sobre o Top 10 austríaco antes de o rival se lesionar.

No primeiro set, o argentino chegou a ter o seu saque quebrado por uma vez, mas converteu os dois break points cedidos por Thiem para fazer 6/3 e abrir vantagem. Já na segunda parcial, voltou a conquistar uma quebra e vinha confirmando os seus serviços até a desistência do adversário, que amargou a eliminação desta forma apenas dois dias depois de completar 23 anos de idade.

Del Potro, por sua vez, já havia superado o austríaco no único confronto anterior entre os dois até este reencontro em Nova York. Também em duelo neste ano, o argentino venceu por 2 sets a 0 no Masters 1000 de Madri, em piso de saibro.