21°
Máx
17°
Min

Vice em São Petersburgo, Bencic entra pela primeira vez no Top 10 da WTA

Aos 18 anos, a suíça Belinda Bencic é a mais nova integrante do Top 10 do ranking da WTA. É tanto a caçula quanto a atleta a entrar no grupo mais recentemente. Ela aparece como nona colocada na atualização desta segunda-feira da lista, como resultado do vice-campeonato do Torneio de São Petersburgo, no fim de semana.

Bencic, que abriu o ano em 14.º e estava há duas semanas em 11.º, agora entra pela primeira vez na carreira no desejado e simbólico Top 10 do ranking mundial, deixando para trás a checa Lucie Safarova (10.º) e a espanhola Carla Suárez Navarro, que caiu para o oitavo lugar.

Nascida em março de 1997, Bencic é, com folga, a caçula do Top 10, quatro anos mais nova que a espanhola Garbiñe Muguruza, quinta colocada. A próxima tenista de menos de 20 anos na lista é a russa Daria Kasatkina, que perdeu de Bencic na semifinal de São Petersburgo e subiu 18 posições no ranking, para aparecer agora em 45.º.

Outra que se deu bem na atualização desta segunda-feira foi Roberta Vinci, vice em São Petersburgo. A italiana, que nesta semana faz 33 anos, subiu três posições e agora é 13.ª colocada.

Venus Williams, que levou o fraco Torneio de Taiwan, conquistando o 49.º título da carreira, manteve-se estável no 12.º lugar, num grupo que está embolado - a diferença entre ela e a russa Maria Sharapova, sexta colocada, é só de 302 pontos.

A irmã caçula de Venus, Serena Williams, segue disparada na liderança do ranking mundial, com 9.245 pontos. Num segundo pelotão estão a alemã Kerber (5.700), a romena Halep (5.545) e a polonesa Radwanska (5.210). Num estágio intermediário vem a espanhola Muguruza (4.991).

Única brasileira no Top 100, Teliana Pereira ganhou uma posição e agora é 43.ª, ainda que não tenha jogado na semana passada. Ela segue como favorita do Rio Open, que começa nesta segunda-feira. Também estarão no Rio a sueca Johanna Larsson (48.º), a montenegrina Danka Kovinic (50.ª) e a norte-americana Christina McHale (64.ª).

Bia Haddad Maia (228.ª), Gabriela Cé (246.ª) e Paula Gonçalves (285.ª), todas na chave principal do Rio Open (Bia e Gabriela com convite), também ganharam uma posição cada no ranking. Bia defende 60 dos seus 218 pontos no Rio.