22°
Máx
16°
Min

Wawrinka sofre, mas bate Youzhny na estreia do Masters 1000 de Toronto

O suíço Stan Wawrinka entrou em quadra com o favoritismo todo do seu lado, mas sofreu mais do que o esperado para eliminar o russo Mikhail Youzhny nesta terça-feira, na sua estreia no Masters 1000 de Toronto. O segundo cabeça de chave da competição penou diante da experiência do adversário e precisou de dois tie-breaks, mas venceu por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7/3) e 7/6 (10/8).

O equilíbrio da partida foi traduzido nos números e em ambos os sets cada um dos tenistas conseguiu uma quebra. Diante de tamanha igualdade, as parciais só poderiam ser decididas no tie-break, e aí pesou a qualidade do número 5 do ranking, que mostrou mais tranquilidade para fechar.

Depois de passar pelo número 61 do mundo, Wawrinka agora espera para conhecer seu próximo adversário em Toronto. Ele terá pela frente quem avançar da partida entre os norte-americanos Jack Sock, cabeça de chave número 16, e Donald Young, 57.º do ranking da ATP.

Outro cabeça de chave que sofreu, mas avançou na estreia em Toronto foi Tomas Berdych. O checo, quinto favorito da competição, saiu atrás e precisou se recuperar, mas derrotou a promessa croata Borna Coric por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/1 e 6/4.

Oitavo colocado no ranking, Berdych viu de perto todo o potencial de Coric, mas levou a melhor e agora espera para conhecer seu próximo rival. Ele também terá pela frente um norte-americano: John Isner, cabeça de chave número 9, ou Ryan Harrison, 144.º do mundo.

Ainda nesta terça-feira, o italiano Fabio Fognini surpreendeu o norte-americano Steve Johnson, 15.º cabeça de chave, ao vencer por 2 sets a 0, com duplo 6/4. Na próxima rodada, ele vai encarar Jared Donaldson, também dos Estados Unidos.

Em outras partidas encerradas do dia, Vasek Pospisil avançou depois que o francês Jeremy Chardy abandonou o confronto no início do segundo set. O canadense havia vencido o primeiro por 7/6 (7/3). Já o croata Ivo Karlovic precisou de longos três sets e mais de duas horas para eliminar o norte-americano Taylor Fritz: 6/7 (9/11), 7/6 (7/5) e 6/2.