22°
Máx
14°
Min

Wawrinka sua, mas começa defesa do título em Roland Garros com vitória

Foi bem mais difícil que o esperado, mas o suíço Stan Wawrinka iniciou com vitória sua defesa de título em Roland Garros. Campeão do Grand Slam francês no ano passado, o número 4 do ranking da ATP esteve atrás do placar em duas oportunidades, precisou de cinco sets, mas venceu nesta segunda-feira o checo Lukas Rosol por 3 sets a 2, com parciais de 4/6, 6/1, 3/6, 6/3 e 6/4.

Terceiro cabeça de chave após a desistência de Roger Federer, Wawrinka teve pela frente um adversário inspirado, levou muitos sustos, mas avançou após uma longa batalha. Com isso, evitou o vexame de ser o primeiro campeão de Roland Garros a ser eliminado logo na estreia da edição seguinte desde que o tênis se tornou profissional.

A vitória manteve Wawrinka vivo em busca de seu terceiro Grand Slam da carreira - ganhou também o Aberto da Austrália de 2014. Agora, ele terá pela frente o japonês Taro Daniel, que passou pelo eslovaco Martin Klizan. Nesta segunda, os dois se enfrentavam no quinto set, no qual Daniel triunfava por 3 a 0, quando Klizan precisou abandonar por lesão.

Wawrinka cometeu 46 erros não forçados nesta segunda e teve trabalho para confirmar seu serviço - cedeu duas quebras em dez oportunidades a Rosol. O checo, número 59 do mundo, por sua vez, aproveitou para se firmar na partida, ganhar confiança e disparar bolas vencedoras - foram 51 ao todo.

Quando o confronto estava em 2 a 1 a favor de Rosol, Wawrinka fez valer sua experiência e levou o quarto set na marra, aproveitando as poucas oportunidades. Foi o suficiente para lhe dar confiança, porque na última parcial o suíço finalmente desempenhou seu melhor tênis, passou a ser o responsável por disparar bolas vencedoras e fechou o duelo.

Outro cabeça de chave que entrou em quadra pela primeira vez nesta segunda-feira foi o canadense Milos Raonic. Oitavo favorito da competição, ele teve bem menos dificuldade para confirmar esta condição e estrear com vitória sobre o sérvio Janko Tipsarevic por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/2 e 7/6 (7/5).

Raonic dominou boa parte do confronto, atacou o saque do adversário e passou quase sem sustos. O único momento em que Tipsarevic ameaçou o canadense foi no terceiro set, quando ele aproveitou a única oportunidade de quebra que teve e levou a decisão para o tie-break.

Mas a superioridade de Raonic falou mais alto e o canadense fechou a partida sem maiores problemas. Na segunda rodada, o número 9 do ranking terá pela frente o tenista da casa Adrian Mannarino, número 58 do mundo, que bateu na estreia o casaque Mikhail Kukushkin em quatro sets: 6/4, 2/6, 6/2 e 6/4.

Cabeça de chave número 23, o norte-americano Jack Sock precisou de cinco sets para eliminar o holandês Robin Haase, com parciais de 6/3, 7/5, 3/6, 6/7 (3/7) e 6/2. Já o 30.º cabeça de chave, o francês Jeremy Chardy, passou pelo argentino Leonardo Mayer por 3 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6, 6/4 e 6/2.

Ainda nesta segunda-feira, o sérvio Dusan Lajovic, o checo Adam Pavlasek e o alemão Dustin Brown estrearam com vitória e também se classificaram à segunda rodada de Roland Garros.