28°
Máx
17°
Min

Fernanda Oliveira é punida, mas segue líder no Princesa Sofia; Scheidt é 5º

Nem a desclassificação na segunda regata desta quinta-feira, por uma infração de largada, tirou Fernanda Oliveira da liderança da classe 470 Feminina no Troféu Princesa Sofia. Velejando com a proeira Ana Barbachan, sua companheira no Rio-2016, Fernanda segue em primeiro em Palma de Maiorca após oito das 10 regatas previstas para a fase de classificação.

As brasileiras somam 24 pontos perdidos, agora acompanhadas de perto por Afrodite Kyranakou/Anneloes Van Veen, da Holanda, que têm 26. A previsão é que duas regatas sejam disputadas na sexta-feira, com a medal race, com pontuação dobrada, marcada para o sábado.

Na Laser, Robert Scheidt teve um dia de altos e baixos. Ficou em 17.º na primeira regata e ganhou a segunda. Com 47 pontos perdidos, ele chegará ao último dia da fase de classificação em quinto. Andrew Maloney, da Nova Zelândia, está disparado em primeiro, com 26, mas a briga pelas outras posições parece aberta após oito regatas.

Na 49er já foram realizadas 11 das 15 regatas previstas para a fase de classificação. Marco Grael e Gabriel Borges aparecem em sexto, com 70 pontos perdidos, mas a 24 dos terceiros colocados. De qualquer forma, esse é o melhor resultado da dupla numa competição desse porte - eles ficaram em 43.º no Mundial, no mês passado.

Jorge Zarif recebeu a bandeira preta antes da largada da segunda regata do dia e despencou para o 11.º lugar geral na Finn. Na 49erFX, Martine Grael e Kahena Kunze desistiram na competição já na quarta-feira.

O Brasil ainda tem Henrique Haddad/Bruno Bethlem em 23.º na 470 Masculina, Fernanda Decnop em 26.º na Laser Radial e Samuel Albrecht/Isabel Swan em 13.º na Nacra17. Da equipe que vai à Olimpíada, só Patrícia Freitas e Bimba, ambos da RS:X, não estão em Palma de Maiorca.