21°
Máx
17°
Min

Velejadores da fronteira vencem campeonato nacional

Velejadores da fronteira vencem campeonato nacional

Os velejadores iguaçuenses, Andrey Godoy e João Pedro Alves, do Projeto Velejar é Preciso do ICLI, patrocinado pela Itaipu Binacional, venceram o 36º Campeonato Sudeste Brasileiro Classe Laser 4.7 e assumem a liderança do Ranking Nacional de Laser 4.7.

A disputa foi no Rio de Janeiro e eles chegaram ontem em Foz do Iguaçu. Nesta tarde (02) eles irão ao clube para continuar treinando para os próximos campeonatos e compartilhar a experiência com os alunos do projeto de vela do ICLI.

Andrey Godoy

O velejador Andrey Godoy, 16 anos, está desde 2009 no Projeto Velejar é Preciso do ICLI. Depois de vencer sete das oito regatas, Andrey trouxe para casa o troféu de campeão Sudeste Brasileiro 2016 Classe Laser 4.7.

João Pedro Alves

No mesmo campeonato, João Pedro Alves faturou o troféu de 2º lugar geral. João tem 16 anos e participa desde 2013 do Projeto Velejar é Preciso.

O campeonato 

O 32º Campeonato Sudeste de Laser foi realizado de 26 a 29 de maio no Iate Clube do Rio de Janeiro. Participaram velejadores das classes Standart, Radial e 4.7.

As classes Standart (masculino) e Radial (feminino) são esportes olímpicos e a 4.7, por ser uma vela menor é geralmente a classe de ingresso dos jovens velejadores que deixam a classe Optimist depois dos 15 anos de idade.

Na classe Laser 4.7 participaram 20 velejadores. No total foram realizadas 8 regatas. Andrey chegou primeiro em sete (7) regatas e João Pedro Alves conquistou o segundo lugar vencendo seis (6) regatas.

A preparação técnica, concentração, controle emocional e ventos favoráveis contribuíram para que eles vencessem com tranquilidade. Com os bons resultados nos campeonatos Sudeste e Brasileiro, Andrey Godoy assume a liderança do ranking nacional 2016 e João Pedro Alves a vice-liderança entre 28 velejadores da classe Laser 4.7 masculino.

Essa vitória dos meninos é um orgulho para o ICLI – Iate Clube Lago de Itaipu, principalmente porque serve de motivação para os 120 integrantes que participam do Projeto Velejar é Preciso do Iate Clube Lago de Itaipu.

Na avaliação dos dirigentes do ICLI, essa conquista é importante para mostrar que o projeto atingiu um nível de maturidade o que dá aos alunos a possibilidade de se pontuarem no Ranking Nacional e participarem de competições não elencadas no escopo do projeto.

É um exemplo de sucesso de um projeto social que vai além da geração de expoentes do esporte e com o compromisso de contribuir significativamente na formação de carácter e cidadania dos jovens para um mundo melhor.

O desafio dos velejadores é continuar treinando para os campeonatos Paranaense, Sul-brasileiro e Brasileiro 2017. Outro sonho da meninada da vela é representar Foz do Iguaçu e o ICLI em eventos internacionais.

Em outubro, o velejador Andrey será patrocinado pela Itaipu para participar de um Campeonato Mundial, na Alemanha. Em Foz do Iguaçu, a próxima competição será Regata Terra das Cataratas, nos dias 18 e 19 de junho, em comemoração ao aniversário de 102 anos da cidade.

O apoio de Itaipu Binacional e de outras empresas é fundamental para que o projeto alcance um número cada vez maior de jovens e o surgimento de novos talentos.

Projeto Velejar é Preciso  

Desde 2001, o Iate Clube Lago de Itaipu (ICLI) desenvolve o projeto social Velejar é Preciso. Devido à relevância deste projeto, o clube é reconhecido como entidade de utilidade pública municipal.

O projeto é para jovens de 8 e 17 anos, de ambos os sexos, todos moradores do bairro de Três Lagoas e estudantes da rede pública de ensino. Em dezembro de 2012, o projeto ganhou reforço com o apoio da Itaipu Binacional, através de convênio por meio do Programa de proteção à Criança e ao Adolescente (PPCA). 

Em fevereiro de 2016 este convênio foi renovado por mais dois anos com a Itaipu Binacional. O clube já sediou vários campeonatos regionais, estaduais e até mesmo eventos nacionais e internacionais.

O projeto também revelou alguns atletas que representam a cidade no mundo a fora.

Colaboração: Assessoria de imprensa