26°
Máx
19°
Min

Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita vão às finais do Open de Vitória

O Brasil garantiu neste sábado a presença de duas duplas nas finais do Open de Vitória (ES), terceira etapa brasileira do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, que será encerrado neste domingo. Alison/Bruno Schmidt e Larissa/Talita venceram os confrontos pelas quartas de final e pela semifinal e irão lutar pela medalha de ouro defendendo invencibilidade na competição.

Para se garantirem na luta por uma vaga na decisão, Alison e Bruno Schmidt iniciaram o dia eliminando a outra dupla brasileira que avançou às quartas. Eles derrotaram Guto e Saymon por 2 sets a 0, com parciais de 21/17 e 21/13.

Bem mais tarde, no jogo que fechou a programação do dia em Vitória, Alison/Bruno Schmidt se garantiu na decisão ao derrotar na semifinal a parceria italiana

Ranghieri/Carambula com parciais de 21/17 e 23/21.

Os adversários de Alison/Bruno Schmidt serão outra dupla formada por italianos. Trata-se de Nicolai/Lupo, que na outra semifinal superou os holandeses Brouwer e Meeuwsen por 2 sets a 1, com 21/18, 15/21 e 15/13. Antes disso, nas quartas, eles passaram pelos espanhóis Herrera e Gavira, também por 2 a 1, com 19/21, 21/18 e 15/10.

FEMININO - E não será apenas entre os homens que o Brasil terá uma dupla na luta pelo título do Open de Vitória. Na disputa feminina da competição, Larissa e Talita também foram à final com duas vitórias conquistadas neste sábado.

Depois de eliminações precoces em Maceió e no Rio no Circuito Mundial, a dupla brasileira engrenou e ainda não perdeu sets na competição realizada no Espírito Santo. No primeiro jogo deste sábado, elas superaram as alemãs Laboureur e Sude com parciais de 21/19 e 21/14.

Mais tarde, nas semifinais, Larissa e Talita derrotaram as australianas Bawden e Clancy por duplo 21/16 para ir à decisão deste domingo, na qual terão pela frente as norte-americanas Ross e Walsh, candidatas ao ouro olímpicos nos Jogos do Rio-2016.

A forte parceria dos Estados Unidos começou o dia de disputas derrotando as brasileiras Maria Antonelli e Lili por 2 sets a 1, de virada, com parciais de 16/21, 21/18 e 15/11, nas quartas de final. Horas mais tarde, nas semifinais, elas passaram pelas alemãs Holtwick e Semmler com parciais de 21/19 e 21/16.