22°
Máx
17°
Min

Caramuru Vôlei conhece adversário na estreia da Superliga

(Foto: Divulgação) - Caramuru Vôlei conhece adversário na estreia da Superliga
(Foto: Divulgação)

Logo após uma temporada de grandes resultados das seleções brasileiras de quadra e praia nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o vôlei brasileiro vira o foco para o principal campeonato do seu calendário. A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou nesta semana a tabela da Superliga masculina e feminina 2016/2017 e A competição terá início no dia 26 de outubro, mas o Caramuru Castro, que estreia na maior competição do vôlei nacional, entra em quadra apenas no dia 29, diante do Funvic/Taubaté, no ginásio Padre José Pagnacco, em Castro.

A parte técnica da competição terá mudanças. De acordo com o regulamento, com o fim das paradas no oitavo e no 16º ponto - seguindo o novo formato das competições internacionais. Outra alteração para esta edição da Superliga acontecerá na fase de playoff. Na masculina, as séries de quartas de final e semifinais serão em cinco jogos. Na feminina, acontecerá o mesmo apenas na fase semifinal. As duas finais seguem em jogo único.

A pontuação continua igual. Em caso de vitória por 3 sets a 0 ou 3 a 1, o time ganga 3 pontos. A equipe que sofrer derrota por 3 a 0 ou 3 a 1, não pontua. Em caso de resultado por 3 a 2, dois pontos para o time vencedor e um para o perdedor.

A Superliga masculina 16/17 contará com Sada Cruzeiro (MG), Brasil Kirin (SP), Funvic Taubaté, Sesi-SP, Montes Claros Vôlei (MG), Vôlei Canoas (RS), Maringá Vôlei (PR), JF Vôlei (MG), Minas Tênis Clube (MG), Bento Vôlei (RS), São Bernardo Vôlei (SP) e M.V.Selmer/Compagás/Caramuru/Castro (PR).

Colaboração Confederação Brasileira de Voleibol.