28°
Máx
17°
Min

Itália perde set em vitória sobre EUA e garante Brasil na semi da Liga Mundial

A seleção brasileira masculina de vôlei não entrou em quadra nesta quinta-feira, mas mesmo assim assegurou sua vaga nas semifinais da Liga Mundial. Após vencer a Itália por 3 sets a 0 na quarta, o Brasil contou com uma "ajuda" dos próprios italianos para assegurar a classificação antecipada, na Polônia.

A seleção precisava de um pequeno tropeço da Itália diante dos Estados Unidos, nesta quinta, na Cracóvia. Se os italianos perdessem um set, já garantiam a classificação brasileira. E foi o que aconteceu na vitória do time europeu sobre o norte-americano por 3 sets a 1, com parciais de 22/25, 25/27, 28/26 e 21/25.

Desta forma, o Brasil garantiu uma das duas colocações do seu grupo na semifinal. Itália e Estados Unidos brigam pela outra vaga. Os norte-americanos vão enfrentar os brasileiros nesta sexta, às 15h30 (horário de Brasília), precisando da vitória para se classificar.

Será o segundo jogo entre Brasil e EUA nesta edição da Liga Mundial. O primeiro aconteceu ainda na fase classificatória, em solo brasileiro. "Acho que independentemente do que aconteceu no Brasil, quando fizemos uma boa partida, agora é outro momento, fase final é outro campeonato, e temos que entrar para fazer o nosso melhor. Vamos buscar fazer o nosso melhor jogo como sempre", afirma o oposto Wallace.

Já o experiente líbero Serginho prevê um duelo ainda mais complicado, por causa da necessidade de vitória do adversários. "É sempre muito difícil jogar contra os Estados Unidos. É um time que joga taticamente muito correto. Eles entram com uma tática de jogo e não mudam. Mas o nosso time está vivendo um momento muito bom e temos que entrar com o gás total para fazer uma boa partida e garantir essa vaga na semifinal", diz Serginho.