21°
Máx
17°
Min

Já classificado, Brasil oscila, mas vence Bélgica na Liga Mundial

Brasil já estava garantido na competição (Foto: Divulgação/FIVB) - Já classificado, Brasil oscila, mas vence Bélgica na Liga Mundial
Brasil já estava garantido na competição (Foto: Divulgação/FIVB)

Um dia após assegurar a classificação antecipada para a fase final da Liga Mundial, a seleção brasileira masculina de vôlei fez sua exibição mais irregular nesta competição. Mas, apesar dos erros e das oscilações, o time comandado pelo técnico Bernardinho venceu a Bélgica por 3 sets a 2, com parciais de 20/25, 25/23, 22/25, 25/23 e 15/11, em Nancy, na França.

Com o triunfo, o Brasil assume a primeira colocação geral da fase classificatória da Liga Mundial, agora com sete vitórias em oito jogos disputados. A vaga na fase final foi assegurada ainda na sexta, em razão da vitória sobre a Polônia e também por causa da combinação de resultados.

Assim, a seleção de Bernardinho entrou em quadra já classificado. O técnico aproveitou, então, para fazer mudanças na equipe. Murilo, Éder, Isac e Serginho ganharam chance e foram os titulares. Bruninho, Lucarelli e Wallace completaram o time.

Mas as alterações trouxeram consequências para o time. Sem entrosamento, o Brasil sofreu no primeiro set e só se encontrou na segunda parcial. Mesmo assim, não esteve imune a oscilações e erros, que custaram 29 pontos ao time belga - os europeus entregaram 22 por falhas.

A seleção só engrenou a partir do quarto set, quando iniciou a virada. A quinta parcial foi a que mais destoou no jogo por ter o Brasil na liderança desde o início e até com certa vantagem, o que foi incomum nas parciais anteriores. Murilo, com uma pancada na diagonal, fechou o jogo.

Ainda cumprindo tabela, a seleção volta à quadra neste domingo, às 13 horas (horário de Brasília) para enfrentar a França, anfitriã nesta reta final da fase classificatória. As finais serão realizadas em Cracóvia, na Polônia, entre os dias 13 e 17 deste mês. Apenas cinco seleções - mais a equipe da casa - chegam para seguir na disputa do título.